Prefeito em Goiás reduz o próprio salário, do vice-prefeito e dos secretários para diminuir gastos

Pedro fernandes também suspendeu nomeações e gratificações, além de concentrar recursos no combate ao novo coronavírus

src

por Kariny Bianca

25/03/2020 às 16:59 - Atualizado em 25/03/2020 às 17:22

Faça uma avaliação

O prefeito de Porangatu, Pedro Fernandes, anunciou nas redes sociais, que reduziu o próprio salário em 30%, o do vice-prefeito em 20% e dos secretários em 15%. A medida foi tomada para economizar gastos e concentrar a receita do municício para combater o coronavírus.

Fernandes também suspendeu novas nomeações e gratificações pelo executivo, a interrupção do abastecimento da frota, com exceção da pasta da saúde e a prorrogação do vencimento do IPTU para junho de 2020.

O prefeito ainda afirmou não concordar com o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Prefeitura de Porangatu (@prefeituradeporangatu) em

Você também pode gostar

Clube Curta Mais
Clube de vantagens e descontos exclusivos
Acesse