Pessoas que mais te irritam são as que mais se parecem com você, revela estudo

‘Tudo que incomoda você sobre outros seres é apenas uma projeção do que você não resolveu em si mesmo’

src

por Marcelo Albuquerque

04/11/2019 às 15:00 - Atualizado em 04/11/2019 às 15:05

Faça uma avaliação

Sabe aquela pessoa que mais te irrita? Ela pode ser o seu melhor espelho! É o que afirma a psicóloga Marta Segrelles, do Colegio Oficial de Psicólogos de Cataluña, na Espanha no estudo intitulado “O que o incomoda no outro tem a ver com você”.

De acordo com a psicóloga, os seres humanos têm um mecanismo de defesa, que fica em alerta quando uma pessoa atribui a outra pensamentos e atitudes que ela mesma não consegue tolerar, ou seja, projetam nos outros o que não aceitam nelas mesmas. Ou seja, uma situação em que alguém projeta, literalmente, no outro emoções que não consegue aceitar em si mesmo. Isso costuma acontecer porque aceitar essas emoções tiraria o indivíduo de sua zona de conforto, causando ansiedade ou estresse.

Não assumir a responsabilidade pelos aspectos negativos impede a pessoa de melhorar e superar aquilo que provoca incômodos. Porém, para alguns é mais fácil transferir os sentimentos para um fator externo e sentir raiva desse fator externo do que confrontar a realidade.

O estudo mostra ainda que muitas atitudes que as pessoas possuem, foram herdadas dos pais. Desde quando somos crianças, absorvemos o comportamento e jeito de ser de nossos pais, em diferentes situações, e durante a adolescência é que essa ‘absorção’ do jeito de ser fica ainda maior. O desenvolvimento psicológico do filho pode ser afetado pelo estado emocional dos pais.

O filho que mais irrita os pais pode ser exatamente aquele que mais se parece com seus progenitores. A pesquisa revela também que antes da atenção ser toda pro filho, os pais precisam resolver seus próprios problemas e buscar uma evolução interior, entendendo que as crianças não são propriedades do pai e nem da mãe, por isso, precisam tomar as próprias decisões e cometer erros, isso faz parte do processo de aprendizagem pessoal.

O passado é impossível de ser mudado, porém, é reconhecendo o que precisa ser transformado, que um novo futuro acaba se formando. Não julgue, seja tolerante, as pessoas possuem suas próprias individualidades e precisam ser respeitadas por isso, você concordando ou não; avalie o porquê daquilo estar te incomodando no outro.

“Tudo que incomoda você sobre outros seres é apenas uma projeção do que você não resolveu em si mesmo.” – Buda.

Você também pode gostar

Clube Curta Mais
Clube de vantagens e descontos exclusivos
Acesse