30/03/2020 07:19
Notícias / Conteúdo

Lavar as mãos com água e sabão ou álcool em gel: qual a melhor forma de prevenir o contágio?

A sujeira visível só é retirada com água e sabão

Marcelo
por Curta Mais

Afinal o que é mais eficiente para evitar contágio: lavar as mãos com água e sabão ou com álcool em gel? A dúvida é muito comum em momentos de epidemia ou pandemia e o Curta Mais foi atrás da resposta em fontes seguras para tirar essa dúvida.

Segundo o Hospital Sírio Libanês, tanto o uso de álcool em gel quanto o de água e sabão são importantes para limpar as nossas mãos e prevenir até mesmo algumas doenças, como a gripe. Entretanto, o álcool não pode simplesmente substituir a água e o sabão, uma vez que a retirada da sujeira não pode ser feita com o álcool.

A função primordial do álcool em gel é reduzir o número de micro-organismos em nossas mãos, sendo, portanto, um importante aliado na prevenção de certas doenças. Contudo, a água e o sabão, além de atuarem nesse processo, são essenciais para retirar aquela sujeira visível. Sendo assim, se as mãos estiverem visivelmente sujas, deve-se lavar a mão com água e sabão e não somente utilizar o álcool.

A utilização de álcool em gel só pode substituir a higienização das mãos com água e sabão quando essas não estiverem sujas.

Vale salientar que, apesar da recomendação de utilizar-se álcool na redução de micro-organismos, nem todo tipo de álcool é eficiente. Para reduzir bactérias e vírus, a concentração do álcool deve ser de 70%. O álcool com concentração inferior a 70% não apresenta eficiência, e quando está com concentração acima de 90%, pode desencadear irritações.

O álcool em gel é um importante aliado na luta contra micro-organismos causadores de doenças, entretanto o consumidor deve ficar atento ao comprar esse produto. Como qualquer outro produto, é fundamental estar atento à data de validade, analisar a integridade da embalagem e verificar se o rótulo está legível, com todas as informações necessárias sobre o produto, tais como registro, modo de usar e precauções.

Vale destacar que o álcool em gel deve ser usado para limpar mãos e braços, mas, para limpar superfícies, a recomendação é o uso do álcool líquido. Para a limpeza das mãos com o álcool, deve-se colocar uma quantidade pequena do produto (o suficiente para cobrir as mãos) e realizar o movimento de fricção até que o álcool evapore. As mãos devem estar secas e visivelmente limpas.

A higienização das mãos é uma das principais formas de prevenir-se doenças. Isso se deve ao fato de que nossa mão está constantemente em contato com vírus e bactérias, os quais podem estar nas superfícies que tocamos e até mesmo em outras pessoas.

Quando tocamos, por exemplo, nossa boca, olhos e nariz com as mãos contaminadas, podemos adquirir doenças. Dentre as doenças que podemos contrair devido à falta de higienização adequada das mãos, podemos citar a diarreia e a gripe, H1N1, inclusive a temida Covid-19 (novo Coronavírus).


Quando a higienização das mãos deve ser feita sempre?

ntes de comer;

após utilizar o banheiro;

quando for preparar o alimento e após seu preparo;

antes de realizar curativos;

sempre que tiver contato com pessoas doentes.


O termo “lavagem das mãos” é melhor substituído por “higienização das mãos” devido à maior abrangência deste procedimento.


Como higienizar de forma eficiente?

Não basta passar rapidamente o sabonete ou espalhar um pouco de álcool-gel pelas mãos.

Para a higienização com água e sabonete ou com preparações alcoólicas ser de fato efetiva, é necessário observar alguns cuidados, como a qualidade e a quantidade de produto utilizado, além do tempo gasto no processo.


Veja abaixo o jeito correto de higienizar as mãos para evitar infecções.


Com água e sabonete:

Duração de todo o procedimento: 40 a 60 segundos

Molhe as mãos com água.

Aplique na palma da mão quantidade de sabonete (de​ preferência líquido) suficiente para cobrir toda a superfície das mãos.

Ensaboe as palmas das mãos friccionando-as entre si.

Esfregue as mãos, entre os dedos e sob as unhas.

Enxague bem as mãos com água.

Seque as mãos com uma toalha limpa, papel absorvente ou fluxo de ar.

Como calcular a quantidade certa de produto?


Com álcool em gel:

Duração de todo o procedimento: 20-30 segundos

A​plique uma quantidade suficiente de preparação alcoólica em uma mão em forma de concha de modo que ela venha a cobrir toda a superfície das mãos.

Friccione as mãos entre si.

Não esqueça de espalhar o gel ou solução entre os dedos e sob as unhas.

Espere suas mãos secarem.


Qual a quantidade que devo usar para higienizar as mãos?

A quantidade vai depender do tipo de solução usada e do tamanho da mão. Em geral, 2 ml do produto são suficientes

É importante que o produto contemple toda a superfície das mãos e que elas estejam úmidas no final do processo (no caso do álcool-gel).


Quais são os erros mais comuns?

Muitas pessoas se esquecem de retirar joias, como anéis, antes d​e iniciar a limpeza das mãos. Sob esses objetos, frequentemente, acumulam-se microorganismos.

Há ainda os que preferem borrifar álcool comum nas mãos. Isso não é recomendado, pois pode causar microfissuras, facilitando a colonização por vírus e bactérias. As preparações alcoólicas (gel ou solução) são as mais indicadas, pois possuem emolientes e concentração média de 70% de álcool, o que é ideal para a ação bactericida.

Áreas como as pontas dos dedos, embaixo das unhas, entre os dedos e polegar são, em geral, as mais negligenciadas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Jorge e Mateus anunciam show ao vivo nas redes sociais para fãs em quarentena

Nas redes sociais, é grande a expectativa para saber se a live de Jorge e Mateus vai bater um novo recorde.


+ Notícias

Conheça o 'Abraço à Distância', projeto que tem emocionado pessoas durante a quarentena em Goiânia

O projeto durará todo o período da quarentena, levando mensagens de esperança e carinho para a população goianiense e aos brasileiros


+ Notícias

Arcebispo sobrevoa Goiânia e abençoa a população contra o coronavírus neste Domingo

A Benção com o Santíssimo Sacramento também ocorre à tarde nas ruas de Goiânia


+ Notícias

Hotel em Goiânia toca o coração de moradores com mensagem 'Logo tudo vai passar'

Os hotéis estão entre os estabelecimentos mais atingidos pela crise ocasionada pelo coronavírus


+ Notícias

Marília Mendonça comenta show ao vivo de Gusttavo Lima 'Não dá pra te copiar' e fãs pedem um show dela

A cantora elogiou a live luxuosa e bem elaborada de Gusttavo e os fãs estão pedindo o mesmo dela


+ Notícias

Tribunal de Justiça proíbe manifestações, aglomerações e eventos até o final de Abril em Goiás

Também estão proibidas as manifestações em favor de revogar os decretos de isolamento durante o coronavírus


+ Notícias

Gusttavo Lima surpreende fãs com cinco horas de show ao vivo e 10 milhões de visualizações

O show que deveria ser de até 3h acabou durando 5h, para alegria de muitos fãs


+ Notícias

Divórcios batem recorde após fim da quarentena em casa na China

70% dos divórcios são pedidos por mulheres


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2020. Todos os direitos reservados.