Aos 19 anos, cozinheiro de Goiânia inova com sofisticação em pratos inspirados no cerrado

Lorenzo já é referência gastronômica pela experiência em restaurantes renomados de São Paulo

src

por Hérica Marissa

13/11/2019 às 16:37 - Atualizado em 13/11/2019 às 17:48

Faça uma avaliação

O mais jovem cozinheiro do Meze 'Lorenzo' faz jus ao título de excelente cozinheiro recebido pelo restaurante Meze ontem nas redes sociais do restaurante. O rapaz que chegou com ar de garoto e apenas 18 anos na casa, hoje já tem 19 e tem reverência nos pratos de entrada, na praça de frios e aperitivos do meze, pela qualidade de seus pratos, a beleza que ele cuida com maior cuidado, principalmente dos brotos que finalizam vários dos pratos do vasto menu do Meze. E também pela mistura de sabores e criatividade, que são características marcantes da gastronomia do jovem.

Lorenzo está sempre sorridente e disposto para uma nova aventura pelos sabores e experiências desconhecidas, imagine que até estágio na tão almejada Itália, ele já fez. Daí já dá para imaginar a excelência nos detalhes, e a singularidade de cada prato, criado especialmente para cada visitante do Meze. E ele explica como é elaborar os pratos para a praça fria: Eu gosto muito de praça fria, é o que inicia ou deveria iniciar todo o menu, são as entradas e aperitivos (Crudos, saladas, pratos frios, a mouse, pães, etc.) toda essa parte mais detalhista e complexa do restaurante.

Lorenzo já estuda a algum tempo, e se tornou com jeito e carisma referência da casa nas entradas, mas pudera, o jovem é muito dedicado e aprecia se aventurar em novas opções para menu. Já possui a vivência de restaurantes renomados de São Paulo, e viajou por outros países, abrangendo conhecimento gastronômico. “E eu posso dizer que minha base foi inteiramente construída nessas minhas viagens e influências”.

'O amante de aventuras’ Lorenzo, produz as entradas da casa que oferece vasta culinária inspirada no cerrado goiano, e ele tem como tarefa despertar o melhor de cada prato na proposta entradas e tabuleiro de frios do menu. E ainda fala da importância e apoio que teve do Chefe do Meze: Nesse meio tempo eu conversei com o Henrique sobre ir para o Maní em São Paulo e ele me incentivou muito, e eu fui. Logo depois fui para Itália fazer estágio e especialização e aprender a língua e quando voltei ele me pediu que ficasse na praça fria, cuidando das entradas e aperitivos”, conta.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Peixe cru, uvas, leguminosas e cagaita. Para começar seu jantar de terça-feira...

Uma publicação compartilhada por Meze Restaurante (@mezegoiania) em

 

2f60fe1a65beeb3c57293c9c1194f409.png

Siga Curta Mais nas redes sociais:

Curta Mais no Facebook

Curta Mais no Instagram

Curta Mais no Twitter

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você também pode gostar

Clube Curta Mais
Clube de vantagens e descontos exclusivos
Acesse