20/02/2018 02:24
Notícias / Conteúdo

Zezé Di Camargo entra em polêmica ao dizer que não houve ditadura no Brasil

Em entrevista divulgada nesta segunda (11), o cantor fez declarações controversas sobre política e gerou reações nas redes sociais

por Curta Mais

Em entrevista para a jornalista Leda Negale, o cantor Zezé Di Camargo afirma que o Brasil nunca sofreu com uma ditadura. Em suas palavras, “todo mundo fala ‘nós vivíamos numa ditadura’. Nós não vivíamos numa ditadura, nós vivíamos num militarismo vigiado”. Ele ainda aproveitou para comprar a situação histórica brasileira com a de outros países: “Ditadura é a Venezuela, Cuba com Fidel Castro, Hungria, Coreia do Norte, China, esses são realmente ditadores”. 

Confira a declaração que gerou repercussão nas redes sociais:

“Eu vou falar um absurdo aqui para você, vão me criticar, jornalistas vão falar de mim, achar que sou um maluco. Você sabe que o momento em que a gente vive hoje no Brasil, o Brasil lutou muito pela democracia, mas eu fico com pena de como os nossos políticos usaram aquela liberdade que nós conquistamos, que era sair do militarismo. Muita gente confunde militarismo com ditadura, todo mundo fala ‘nós vivíamos numa ditadura’. Nós não vivíamos numa ditadura, nós vivíamos num militarismo vigiado. Ditadura é a Venezuela, Cuba com Fidel Castro, Hungria, Coreia do Norte, China, esses são realmente ditadores. O Brasil nunca chegou a ser uma ditadura daquelas que ou você está a favor ou você está morto”.

A entrevistadora chegou a provoca-lo, dizendo que os militares tomaram o poder à força em 1964 e realizam muitas arbitrariedades, torturas, prisões e assassinatos durante 21 anos, mas ele rebateu:

“Não chegou a ser tão sangrenta, tão violenta, como a gente vive até hoje, no mundo de hoje. Não dá para acreditar que muita gente ainda acredita que uma ditadura vai dar certo. Mas eu acho, eu acredito, as pessoas vão me achar maluco, não quero isso jamais para o Brasil, mas eu imagino que o Brasil hoje precisaria passar por uma depuração. O Brasil até podia pensar no militarismo para reorganizar a coisa e ‘entregar’ de novo“.

 

A declaração, claro, gerou diversos comentários nas redes sociais:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confira o vídeo com a íntegra da entrevista:

 

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Casos de conjuntivite aumentam após o carnaval em Goiânia e preocupam Secretaria de Saúde

Veja o que fazer para evitar contágio e como cuidar


+ Notícias

Goiânia recebe evento especial de música latina

Show terá samba, tango, merengue, salsa e mais


+ Notícias

Evento de fotografia coletiva ao ar livre e piquenique de graça acontece em Goiânia

Neste mês acontece a 3ª Saída Fotográfica do Click Coletivo no Bosque dos Buritis


+ Notícias

Internautas se desesperam com boatos de morte de Sylvester Stallone

Fãs do ator se assustaram quando a notícia começou a circular na internet


+ Notícias

Em tom de desabafo, produtor do Chorinho faz convite comovente ao público após tragédia

Um tiroteio ocorrido logo após o encontro da última sexta (16) resultou na morte do jovem Roberto Rodrigues


+ Notícias

Em entrevista exclusiva, Paulo Betti detona Lula, Bolsonaro, Dilma, Temer, FHC, Moro e, até, o colega de emissora Huck

Em conversa descontraída e amistosa com o jornalista Marcelo Albuquerque, Betti poupa apenas 3 nomes da política brasileira


+ Notícias

Galinha Pintadinha supera Rihanna e bate recorde histórico no YouTube

Somados, os vídeos da personagem na plataforma têm mais de 7 bilhões de visualizações


+ Notícias

Seleção Brasileira de Basquete chega amanhã à Goiânia

Goiânia Arena será palco de dois jogos


TV Curta Mais

MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.