19/09/2019 21:58
Serviço / Dicas

Vai sacar o FGTS? Confira dicas para aproveitar o dinheiro extra de forma responsável

Para quem vai fazer o saque e ainda não definiu o destino do dinheiro, há opções seguras de investimentos

Yasmim
por Yasmim Fleury

O calendário para o saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi divulgado pelo governo federal na manhã desta terça-feira, 14. Quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa até a data de 31 de dezembro de 2015 tem o direito de sacar o dinheiro que ficou na conta.

Em Goiás, 1,1 milhão de trabalhadores vão sacar o montante de R$ 1,02 bilhões de recursos que foram liberados pela Caixa, e os períodos para os saques variam de acordo com a data do aniversário da pessoa. 

 

Esse dinheiro chegará às mãos dos trabalhadores a partir de março e o educador financeiro Bruno Carvalho orienta que os gastos sejam planejados. Para quem está endividado, a dica é quitar os débitos e organizar as finanças mensais para evitar voltar ao vermelho.

Para quem vai fazer o saque e ainda não definiu o destino do dinheiro, há opções seguras de investimentos, que oferecem melhores rentabilidades que o FGTS e a poupança.

Os títulos do tesouro direto, segundo ele, continuam muito atraentes para investimentos mesmo após a redução na taxa básica de juros. Essas são as aplicações mais seguras do país e a pessoa pode escolher um título com taxa pré-fixada ou pós-fixada. “Esses títulos possuem rentabilidade e liquidez diária, então você pode resgatar o valor a qualquer momento”.

 

Para aplicações de curto prazo, os CDBs (Certificado de Depósito Bancário) emitidos por bancos menores também são interessantes. Com investimentos entre três e seis meses, é possível obter retornos entre 102% e 106% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI). “Se comparar com os grandes bancos, as taxas serão em média 85% do CDI. Vale lembrar que essa modalidade de investimento é assegurada pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) em até R$ 250 mil”.

 

Gestão especializada

Os fundos de investimentos multimercados são outras opções para os investidores que buscam um gestor especializado para cuidar do seu dinheiro. O educador financeiro diz que esses fundos são moderados e apresentam resultados entre 120% e 150% do CDI. Ele explica que a possibilidade de resgate no curto prazo e a diversificação dos ativos são pontos importantes neste tipo de investimento, equilibrando aquisições de moedas, commodities, ações e títulos públicos do governo federal.

Por fim, ele afirma que as Letras de Crédito Imobiliário e Letras de Crédito do Agronegócio também são excelentes alternativas. Para investimentos entre seis meses e dois anos, o investidor encontrará taxas com até 93% do CDI, isentas do Imposto de Renda. “Elas também são asseguradas pelo FGC em até R$ 250 mil”, explica.

Se a pessoa buscar por algo mais arrojado e puder deixar o dinheiro aplicado por um período maior, Bruno Carvalho diz que o mercado de ações é um caminho para ter bons rendimentos. Em 2016, o Índice Bovespa, que reúne as empresas com maior volume de operações na bolsa, rendeu mais de 37% e a cotação de algumas empresas triplicou no mesmo período. “Neste caso é importante fazer uma boa avaliação das empresas, do potencial de negócios no segmento que elas atuam e dos diferenciais competitivos que possuem em relação a seus concorrentes”.

 

Confira a rentabilidade das aplicações em 2016:

Tipos de aplicações                                Índices de rendimento

FGTS                                                           5%

Poupança                                                    8,34%

CDB 90% CDI                                             12,59%

CDB 95% CDI                                             13,29%

CDB 105% CDI                                           14,69%

Tesouro Direto Selic                                   14,25%

Fundo Multimercado                                  14,55%

Conservador

Fundo Multimercado                                  29,1%      

Arrojado

iBov                                                              38,9%

Ações Itaú                                                   198%

Ações Petrobras                                          222%

Ações Vale                                                  228%

Ações Magazine Luiza                              602%

 

Anote as datas para os saques do FGTS

Nascidos em janeiro e fevereiro: Sacam em março

Nascidos em março, abril, maio: Sacam em abril

Nascidos em junho, julho, agosto: Sacam em maio

Nascidos em setembro, outubro, novembro: Sacam em junho

Nascidos em dezembro: Sacam em julho

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Serviço

6 maneiras eficientes para estudar na internet que todo aluno deve conhecer

Seguindo essas dicas, o resultado será satisfatório


+ Serviço

Goiânia recebe feira com mais de 800 vagas de emprego e estágio nesta sexta-feira

Projeto IEL em Ação é realizado em parceria com shoppings de Goiás, capacita e encaminha estudantes para o mercado de trabalho gratuitamente


+ Serviço

Goiânia ganha primeiro estacionamento exclusivo para autistas

Iniciativa pioneira no Brasil, Goiânia agora possui vagas de estacionamento com uma comunicação visual lúdica, colorida e emocional para autistas


+ Serviço

Canadá abre 430 vagas de emprego para brasileiros

Além de emprego na cidade de Quebec, os brasileiros também podem participar seleções para bolsas-de estudo de até 40 mil dólares canadenses


+ Serviço

Centro de Línguas da UFG abre inscrições para o segundo semestre de 2019 em Goiânia

São ofertadas vagas para Inglês, Francês, Italiano, Alemão, Espanhol e Mandarim com um preço único para todo o semestre


+ Serviço

Cidadãos de baixa renda podem ter acesso gratuito à primeira CNH em Goiás

A previsão é que a CNH Social seja implantada a partir de 2020


+ Serviço

Cursinho pré-vestibular da UFG está com inscrições abertas em Goiânia

Cursinho da Federal é gratuito, voltado para pessoas de baixa renda para auxiliar o aluno a conseguir aprovação nas instituições de ensino superior


+ Serviço

Confira as mudanças no trânsito da região da 44 em Goiânia

Durante os cinco meses da obra, o trânsito local sofre várias mudanças e é bom se preparar!


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.