21/08/2017 03:18
Bem-Estar / Exercícios

Uso das bicicletas públicas em Goiânia supera índices de Buenos Aires

Dados da operadora do sistema mostram que, em 18 dias, número de utilização das bicicletas públicas é 50% maior do que o registrado em Buenos Aires, na Argentina, e em cidades do Rio de Janeiro e São Paulo

43961    22

Chrystal
por Chrystal Méndez

(Foto: Ângela Macário)

A frequência de uso das bicicletas públicas compartilhadas em Goiânia supera em 50% os índices alcançados em cidades como Buenos Aires, na Argentina, e em cidades dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Os dados são do grupo Serttel, que é o responsável pela operação do sistema de mobilidade sustentável.

Segundo o diretor comercial da Serttel, Israel Leite de Araújo, a adesão dos goianienses ao projeto tem superado as expectativas iniciais para o Projeto DeBike. Com 18 dias de funcionamento, as bicicletas públicas compartilhadas de Goiânia registram, de forma proporcional, índices de utilização superiores a todas as cidades, onde o sistema de compartilhamento foi implantado pela Serttel. “O projeto foi bem aceito pela população goianiense, os números mostram que a iniciativa é um sucesso total”.

Araújo explica que, em cada cidade, há frotas de bicicletas diferentes, mas a estatística foi feita sobre a frequência de utilização do serviço nestes primeiros dias. “Acompanhamos os índices das cidades diariamente. Somente nesta sexta-feira, 06, por exemplo, até às 11 horas, o sistema havia registrado uma viagem por bicicleta, ou seja, todas foram utilizadas pelo menos uma vez. Nas outras cidades, esse índice, no mesmo horário e data, era de 0,5 viagem por bicicleta instalada, ou seja, apenas metade das bicicletas tinham sido utilizadas. Esses índices de Goiânia estão acima da média de uso regular”.

Atualmente, a Serttel opera o sistema de bicicletas públicas compartilhadas em 19 cidades nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Bahia, Paraná, Minas Gerais, Paraíba, Santa Catarina, Sergipe, Distrito Federal e Acre, e também na Argentina, nas cidades de Buenos Aires e Rosário.

Em Goiânia, as bicicletas públicas compartilhadas foram implantadas no dia 20 de dezembro numa parceria entre a Prefeitura e a Unimed, que é a patrocinadora do projeto. Até o momento, 3.689 foram realizados no sistema DeBike, 2.362 passes de utilização foram adquiridos, sendo que, destes, 1.338 foram para o uso mensal e 753, diário.

Até às 17 horas de sexta-feira, dia 06, o número de viagens chegou a 4.489. O dia em que as bicicletas foram mais utilizadas foi dia 1º de janeiro, quando o sistema registrou 429 viagens. A última quinta-feira, 05 de janeiro, ficou em segundo lugar, com 381 viagens.

O funcionamento do DeBike pode ser acompanhado em tempo real pela internet, no site De Bike, qual no  são catalogadas as viagens e o nível de compensação ambiental pelas toneladas de crédito de CO2 geradas com o uso do transporte não poluente.

Em Goiânia, há 150 bicicletas públicas compartilhadas distribuídas em 15 pontos estratégicos. As estações de compartilhamento funcionam todos os dias, das 6h às 22h59 para retirada de bicicletas e 24 horas por dia para devolução.

Para utilizar o sistema, o cidadão deve baixar o aplicativo GynDeBike, em seu aparelho celular, preencher os dados, escolher o período de utilização e efetuar o pagamento via cartão de crédito. Para cada tipo de periodização, há uma taxa diferente de uso, R$ 4 para um dia, R$ 8 mensal, R$ 35 semestral e R$ 70 anual.

Em seguida, basta selecionar, via celular, a estação e a bicicleta que irá retirar. O veículo é automaticamente liberado para ser utilizado pelo período de 60 minutos em dias úteis e 90 minutos aos domingos e feriados. Para próximo aluguel, é necessário esperar um intervalo de 15 minutos. Decorrido prazo sem a entrega, é debitada uma multa no cartão do usuário no valor de R$ 5 e um novo período de uso começa a transcorrer.

A devolução da bicicleta pode ser realizada em qualquer estação disponível e deve ocorrer dentro do horário estipulado. Na hora de entrega é preciso encaixar a bicicleta e verificar se a mesma está devidamente travada. Se a estação estiver sem espaço para receber a bicicleta, o cidadão pode entrar em contato com a Central de Relacionamento ao Usuário pelo telefone 4003-0397.

 

Baixe o app "Debike" no iPhone aqui

Baixe o app "Debike" para Android aqui

 

Confira onde estão as estações da DeBike
1. Paranaíba: Canteiro central da Avenida Goiás, próximo ao Mercado Aberto da Paranaíba, esquina com a Avenida Paranaíba
2. Bandeirante: Canteiro central da Avenida Goiás, em frente ao Monumento Bandeirante, esquina com a Avenida Anhanguera
3. Praça Universitária: Estacionamento no anel interno da Praça Universitária, próximo ao Museu da Pontifícia Universidade Católica de Goiás - esquina com a Avenida Universitária
4. Praça Cívica: Em frente ao Museu de Arte de Goiânia, esquina com a Avenida Universitária
5. Buritis: Alameda Buritis, em frente ao Bosque dos Buritis, esquina com a Rua Gercina Borges
6. Praça Tamandaré: Rua 07, oposto ao Banco Bradesco, esquina com a Avenida Assis Chateaubriand
7. Lago das Rosas: Avenida Assis Chateaubriand, no canteiro central, oposto ao Posto Ipiranga, esquina com a Rua T-07
8. Unimed: Rua T-07, na Praça Gilson Alves de Souza, esquina com a Rua T-01
9. Praça do Sol: Rua R-09, na Praça do Sol, oposto ao Cartório Índio Artiaga, esquina com a Rua João de Abreu
10. Bougainville: Rua 09, em frente ao Shopping Bougainville, esquina com a Rua 36
11. Marista: Rua 15, oposto ao Centro de Diagnóstico em Radiologia, esquina com a Rua T-55
12. Areião: Avenida Americano do Brasil, em frente ao Parque Areião, esquina com a Rua 135
13. Ricardo Paranhos: Canteiro central da Alameda Ricardo Paranhos, oposto ao Restaurante Paim Grill, esquina com a Rua 1128
14. Vaca Brava: Parque Vaca Brava, na Avenida T-03, oposto à Galeria Pátio do Lago, esquina com a Avenida T-10
15. T-63: Rotatória da S-01, embaixo do Viaduto João Alves de Queiroz, próximo ao Posto Ale, esquina com a T-63

Com informações da Prefeitura de Goiânia

NOTÍCIAS RELACIONADAS

1003   

Faça aulas de danças urbanas em Goiânia por apenas R$ 5 por mês

+ Bem-Estar

Faça aulas de danças urbanas em Goiânia por apenas R$ 5 por mês

Hip hop, break dance, dancehall e house dance estão entre os ritmos ensinados


4974   

Goiânia recebe oficina de massagem a preço popular

+ Bem-Estar

Goiânia recebe oficina de massagem a preço popular

Prática alonga as cadeias musculares mais importantes do corpo, renova as energias e aumenta a flexibilidade


1238   

Estudo descobre uma nova propriedade do café benéfica à saúde

+ Bem-Estar

Estudo descobre uma nova propriedade do café benéfica à saúde

Cientistas americanos e britânicos revelaram que o consumo de três xícaras diárias da bebida pode trazer um benefício ao organismo humano


2412   

Oficina de auto shiatsu tem entrada gratuita nesta quarta em Goiânia

+ Bem-Estar

Oficina de auto shiatsu tem entrada gratuita nesta quarta em Goiânia

As vagas são limitadas


3747   

Goiânia recebe circuito de corrida no Parque Areião neste fim de semana

+ Bem-Estar

Goiânia recebe circuito de corrida no Parque Areião neste fim de semana

5º Circuito de Corrida tem percurso de 5 e 10 quilômetros com largada e chegada no Parque Areião


6457   

Grupo oferece prática gratuita de meditação toda semana em Goiânia

+ Bem-Estar

Grupo oferece prática gratuita de meditação toda semana em Goiânia

Crianças e adultos podem participar do evento aberto ao público às segundas


2151   

Aulas gratuitas de yoga e tai chi chuan acontecem no Bosque dos Buritis

+ Bem-Estar

Aulas gratuitas de yoga e tai chi chuan acontecem no Bosque dos Buritis

Boa oportunidade para ficar mais 'zen'


11354   

Aulas gratuitas de yoga e tai chi chuan acontecem no Bosque dos Buritis, em Goiânia

+ Bem-Estar

Aulas gratuitas de yoga e tai chi chuan acontecem no Bosque dos Buritis, em Goiânia

Boa oportunidade para ficar mais 'zen'


TV Curta Mais

MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2017. Todos os direitos reservados.