17/02/2019 04:17
Turismo / Turismo em Goiás

Pedra do Bisnau: um achado milenar de mistérios entre cachoeiras e sítio arqueológico em Goiás

Um verdadeiro tesouro arqueológico e turístico pertinho de Goiânia e Brasília

Marcelo
por Marcelo Albuquerque

Este conteúdo tem o apoio cultural da rede Bretas de Supermercados!

Um verdadeiro achado arqueológico e turístico às margens da BR-20, estrategicamente escondido no município de Formosa (GO), a 300 km de Goiânia e apenas 120 km de Brasília. O povoado de Bisnau é um pequeno e incrível destino para quem busca aventura e história. A região é formada por cachoeiras, montanhas, cerrado de mata aberta e fechada, além de um incrível sítio arqueológico. Ponto de encontro de praticantes de esporte de aventura, ambientalistas, o local, apesar de incrível, ainda carece de orientação turística e quem quiser se aventurar pela riqueza de detalhes, precisa pedir ajuda aos nativos.

Destaque para os misteriosos petroglifos (gravações em pedras) da Pedra do Bisnau, um sítio arqueológico, localizado na Fazenda Taquari, pouco depois do povoado do Bezerra , formado por um espaço natural de 2.600 m2 de petroglifos - misteriosas formações geológicas com datação estimada entre 4,5 e 11 mil anos.

A pedra causa fascínio entre estudantes, cientistas e pessoas curiosas sobre o significado das inscrições, cujas interpretações variam desde orientações astronômicas até sinais de possíveis contatos com extraterrestres.

Os desenhos trazem várias figuras em baixo-relevo concentradas em uma única grande pedra. Infelizmente as figuras estão completamente expostas à intempérie do tempo e já foram depredadas por pessoas com giz ou tinta. Apesar de estar cadastrada no Iphan, a região não conta com nenhum tipo de vigilância e a preservação vai da consciência de cada visitante.

Além do passeio (pré) histórico, o visitante pode aproveitar o clima geralmente quente e seco para tomar um banho de cachoeira. Bem perto do sítio arqueológico, a Cachoeira do Bisnau - também conhecida como Cachoeira da Capetinga - é um convite irrecusável. Para chegar até ela, é preciso caminhar cerca de 500 metros com acesso relativamente difícil entre pedras. Apesar da infraestrutura precária, a visão e o contato com a natureza exuberante do local valem cada gota de suor.

Como chegar: Localizado a cerca de 300 km de Goiânia e 120 km de Brasília – cerca de hora e meia de carro, e 40 km de Formosa, o acesso se dá pela BR-020 até o Bezerra, e de lá por estrada de terra até o Sítio Arqueológico. De Brasília a Formosa, a BR-020 é duplicada.

Cachoeira

pedra

pedra

pedra

pedra

Os misteriosos desenhos nas pedras remetem a cerca de 11 mil anos.

 Cachoeira

Cachoeira do Bisnau para completar a experiência.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

Goiás entra para o top 12 destinos internacionais que são tendências para viajar em 2019

A pesquisa destaca Caldas Novas como principal atrativo


+ Turismo

Descubra Pilar de Goiás, o maior conjunto barroco do estado e seus 250 anos de história

Com casarões coloniais e muita história, cidade já foi residência da Princesa Isabel no período imperial


+ Turismo

10 perfis do Instagram que todo apaixonado por Goiás precisa conhecer

Saia da caixa e conheça lugares incríveis


+ Turismo

Bernardo Élis: um charmoso parque em Goiânia que você provavelmente não conhecia

Apesar de estar em região afastada do centro, o parque tem tudo pra ser o novo point da cidade


+ Turismo

Hotel de Pirenópolis está entre um dos 25 mais românticos da América do Sul

“Travellers Choice TripAdvisor 2019" é o mais importante prêmio do turismo da atualidade


+ Turismo

Destinos de ecoturismo no Brasil vão ganhar internet grátis e de qualidade 24 horas

O projeto prevê wifi free em mais 60 destinos como Alto Paraíso/Chapada dos Veadeiros (GO), Fernando de Noronha (PE), Abrolhos (BA), Aparatos da Serra (RS), Bonito (MS), Lençóis Maranhenses (MA), Foz Iguaçu (PR) e Jalapão (TO).


+ Turismo

Sesc Caldas Novas é eleito um dos melhores do Brasil

Unidades dos estados de Espírito Santo, Santa Catarina, Ceará, Minas Gerais, entre outros, também foram citados na publicação da revista Viagem e Turismo


+ Turismo

Novo trem turístico de Goiás vai passar por 14 cidades

Sete das 14 estações que podem integrar o passeio já foram reestruturadas pelo IPHAN


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.