19/10/2019 13:50
Bem-Estar / Saúde

Pacientes de Hospital de Goiânia recebem terapia com cães, tirando o foco da dor estimulando a troca afetiva

Para os amantes dos animais, apenas a presença deles é suficiente para transformar e descontrair o ambiente, proporcionando mais alegria e leveza, sentimentos ideais para quem está em tratamento dentro de uma unidade de saúde

Bianca
por Bianca Stephania

Já diz o ditado que o cão é o melhor amigo do homem. Para os amantes dos animais, apenas a presença deles é suficiente para transformar e descontrair o ambiente, proporcionando mais alegria e leveza, sentimentos ideais para quem está em tratamento dentro de uma unidade de saúde. Por isso, o Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO) recebeu nesta última sexta-feira (10), a visita dos cachorros do Programa de Atividade/Terapia Assistida por Animais (A/TAA) em Hospitais de Goiânia, da Universidade Federal de Goiás (UFG). A iniciativa é realizada pelos cursos de Medicina Veterinária e Medicina.

4affeb2e4de286af8badbe64f761a95c.jpg

A visita ocorreu em áreas de circulação do hospital e foi planejada com a aprovação do Serviço de Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (SciRAS) da unidade, a fim de garantir que todas as medidas necessárias sejam tomadas para proporcionar segurança a pacientes e animais.

359ed010ae7f078255405763b40fbcdf.jpeg

O público interno do HUGO pôde desfrutar de alegria e presenciar a troca de carinho e amor entre ser humano e animal. A iniciativa tem o objetivo de desenvolver uma alternativa de humanização na assistência, uma vez que promove experiência inovadora e proporciona benefícios biopsicossociais ao paciente, à família e à equipe. “A Visita Pet pode reduzir impacto e estresse gerados pela hospitalização, atenuar o sentimento de depressão e isolamento e aliviar o sofrimento. É importante ressaltar, também, que o contato com animais desvia o foco do paciente em olhar apenas para a doença e estimula a troca afetiva”, ressalta Flávia Zenha, coordenadora do Departamento Psicossocial do HUGO.

8471c7b3cd39027bfa2b92ab5f20754f.jpeg

Programa de Atividade/Terapia Assistida por Animais (A/TAA)

Coordenados pelas professoras Kellen Oliveira e Alessandra Vitorino, das Faculdades de Medicina Veterinária e Medicina da UFG, respectivamente, o Programa de Atividade/Terapia Assistida por Animais (A/TAA) em Hospitais de Goiânia-GO existe há dois anos. É uma ação multidisciplinar e conta com a participação de alunos da Enfermagem, Odontologia e Psicologia, entre outras especialidades.

bc68ebe4aa440840fcdcb638066750b1.jpeg

1a76e2acf2b9f8fdc623553acb2835f3.jpeg

Fotos: Divulgação HUGO e Governo de Goiás

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Bem-Estar

Campanha de vacinação contra o sarampo: 70 salas de vacina com doses disponíveis em Goiânia

Previne-se contra essa doença viral, que pode levar o indivíduo a morte


+ Bem-Estar

Grande descoberta evita queda de cabelo durante sessões de quimioterapia

Um estudo de laboratório de Ralf Paus, do Center for Dermatology Research, leva a explorar propriedades da nova classe de medicamentos que se chama inibidores de CDK4/6


+ Bem-Estar

Pesquisa revela que tomar chá regularmente evita danos no cérebro

A descoberta envolveu testes cognitivos em 36 adultos,acima de 60 anos, entre os anos de 2015 a 2018


+ Bem-Estar

Banco de Sangue do Hugol necessita de doadores de todos os tipos

O hospital recebe diariamente pacientes graves, politraumatizados ou acometidos de doenças que necessitam de reposição sanguínea


+ Bem-Estar

Cera do ouvido pode diagnosticar câncer, revela estudo da UFG

Cerca de 102 voluntários participaram do estudo que chamou atenção de profissionais de saúde referência quando o assunto é câncer


+ Bem-Estar

5 postos de coleta do leite humano que as mamães goianas precisam conhecer

É preciso incentivar as mães sobre a importância do aleitamento materno e da doação para outros bebês


+ Bem-Estar

Paciente internada em Goiânia recebe visita surpresa do seu cãozinho e se emociona

Ao ver o bichinho de estimação, criado como um filho, a mulher, que estava abatida, ficou mais animada para continuar lutando pela saúde


+ Bem-Estar

Pode ou não pode? Famosos recebem críticas sobre hábito de dar selinho nos filhos

A prática divide opiniões entre os internautas. Alguns comentários afirmam que isto pode causar confusão na mente das crianças


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.