22/11/2019 17:28
Notícias / Conteúdo

Paciente internado em hospital de Goiânia não via o céu há mais de sete anos

Cássio ficou tomado por um olhar de encantamento e com os olhos marejados de emoção

Kariny
por Kariny Bianca

Cássio Ribeiro Alves finalmente realizou o seu sonho, ver o céu depois de sete anos sem conseguir levantar a cabeça. Tomado por um olhar de encantamento e com os olhos marejados de emoção: “Meu Deus, não me lembrava de como as nuvens são bonitas. Que saudade eu estava de ver o sol. Obrigada meu Deus, estou vivo”, disse enquanto contemplava o momento. 

Internado no Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo – CRER, desde o dia 5 de agosto, Cássio já passou por duas cirurgias. Ele luta há 13 anos contra a doença Espondilite anquilosante, que o deixou cego mesmo podendo enxergar. Com uma deformidade grave na coluna, Cássio não conseguia se deitar, assistir televisão e, o mais marcante para ele, não podia ver o rosto das filhas.“Não tenho palavras para descrever o que estou sentindo. Ver o brilho no olhar do meu pai, ver ele tão feliz por ter visto o céu é muito gratificante. Ter meu pai bem e conseguindo olhar nos meus olhos não tem preço”, disse a filha do senhor Cássio, Francielly Pereira Alves.

A realização do sonho do paciente só foi possível graças ao trabalho dos profissionais envolvidos no tratamento de Cássio, que não pouparam esforços para realizar esse desejo. Foram dias de planejamento e preparação para garantir a segurança, conforto e o bem-estar do paciente durante o tão esperado momento de reencontro com a luz do dia. “Fiquei muito feliz e emocionada em ver a gratidão do Cássio quando ele sentiu o sol e o vento tocarem o rosto dele. É muito gratificante poder proporcionar esses momentos de humanização, que a gente sabe que faz toda a diferença no tratamento”, disse a psicóloga que acompanhou o banho de sol, Camila Santos Paiva.

O especialista em Cirurgia da Coluna e Deformidades Vertebrais do CRER, Dr. Murilo Tavares Daher, é o médico responsável pelo caso do Cássio. Para ele, ver a evolução e a melhora do Cássio é um mérito de toda a instituição.

“Nunca tínhamos feito uma cirurgia de tamanha complexidade. O caso do Cássio é raro, não existe histórico de casos como o dele, não existe literatura para esse tipo de tratamento. Foi um desafio que comoveu toda a nossa equipe. O sorriso no rosto do Cássio é um mérito de todos os profissionais da instituição”.

19ce3557bfa68cca40fa5ec47df6409f.jpeg

17d476102e17291761eef633572e9a73.jpeg

Notícias sobre:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Rabino Henry Sobel; destaque dos direitos humanos no Brasil, morre aos 75 anos

Atuante dos direitos humanos desde a ditadura militar, lutou por esclarecimentos da morte de jornalista Vladimir Herzog


+ Notícias

Governo do estado de Goiás abre vagas para estagiários em órgãos públicos

As vagas serão sediadas pela Secretaria de Estado da Administração (Sead), e as inscrições começam hoje


+ Notícias

Comunicado oficial da assessoria de Gugu Liberato confirma que o apresentador está vivo

‘As informações que circulam sobre uma suposta morte do apresentador são inverídicas’


+ Notícias

Gugu é internado em estado grave e corre risco de morte afirma site

Apresentador teria tido morte cerebral após sofrer um acidente doméstico e bater com a cabeça em uma quina


+ Notícias

Galvão Bueno passa mal no Peru e será substituído na final da Libertadores

Ele viajou para narrar a decisão da Libertadores entre Flamengo e River Plate


+ Notícias

10 presentes de amigo secreto pra você arrasar na escolha

Essa listinha ‘básica’ tem 10 itens digamos ‘queridinhos’ por quase todas as pessoas


+ Notícias

Maratona de Inovação da UFG busca soluções para problemas na saúde pública de Goiás

Imersão será no Campus Samambaia, onde as equipes receberão mentorias e apoio de especialistas para planejar, desenvolver e validar ideias


+ Notícias

Restaurante Rio Bahia comemora dois anos em Goiânia de muito samba e acarajé

Os clientes que marcarem presença receberão a carta de petiscos incríveis da casa e cervejas especiais selecionadas a 7R$


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.