17/12/2017 04:20
Eventos / Mostra

Mostra Internacional de Cinema Fantástico promove os gêneros terror, ficção científica e fantasia com entrada franca em Goiânia

Em sua 8º edição, e ainda apostando no circuito não convencional, a mostra TRASH acontece em espaço alternativo para circulação de vídeos independentes

1688    22

Yasmim
por Yasmim Fleury

 

A Escola Goiana de Desenho Animado e a MMarte Produções realizam a TRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico. O evento acontece de 7 a 11 de dezembro, no Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles Machado. A entrada é gratuita.

Criada em 1999 como um espaço alternativo para circulação de vídeos independentes, a TRASH alcança a sua 8º edição ainda apostando  no circuito não convencional. Este ano, além de abarcar produções do mundo inteiro, consolidando-se como um evento internacional, dedica inteiramente sua programação aos gêneros terror, ficção científica e fantasia, passando a se chamar TRASH – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Muitas vezes aliado ao sobrenatural, o fantástico exerce grande influência sobre o cinema atual, de grandes produções a obras de pequeno orçamento, tendo como característica comum a ruptura com a realidade da forma como a conhecemos.

Serão exibidas obras oriundas de 14 países, totalizando 8 longas-metragens e 46 curtas, selecionados dentre as 2.393 obras enviadas. “O número expressivo de inscrições aponta para algo que tem se falado há algum tempo: a produção dos filmes de gênero no mundo já não pode ser considerada uma questão de gueto, restrito a um pequeno público de fãs. A grande quantidade de novos festivais dedicada ao cinema fantástico também  demonstra que há caminhos interessantes de produção a serem explorados”, comenta Márcio Júnior, criador e curador da mostra.

A TRASH - Mostra Internacional de Cinema Fantástico, é patrocinada pelas leis municipal e estadual de incentivo à cultura. Além da exibição de filmes, a programação conta com oficinas de efeitos especiais em maquiagem e o cinema de Alfred Hitchcock, debates, mesas redondas, festas, lançamentos de livros e quadrinhos, além da presença de convidados muito especiais.

 

Programação

Noite de abertura – O Cinema de Terror no Brasil

A noite de abertura da Mostra TRASH acontece no dia 7 de dezembro, a partir das 19 horas, no Cine Cultura. A programação começa com a exibição da primeira parte do documentário Nas Sombras do Medo: O Cinema de Terror no Brasil (2016), da diretora Simone Zuccolotto. A produção discute vários tópicos, como a fronteira entre o horror e o fantástico e ainda conta com a participação de vários artistas renomados no gênero, como: José Mojica Marins (Zé do Caixão), Kleber Mendonça Filho, Carlos Primati, Ivan Cardoso, Rodrigo Aragão, Laura Cánepa, Walter Lima Jr. e Gabriela Amaral Almeida.

O lançamento do livro “Enquanto os urubus nos rodeiam...”, de autoria dos goianos Remus da Silva, Romano R. Ricardo e Sandra Prudente, acontece às 21h15. A obra é uma influência do romantismo, marcada pelo tédio de viver, envolvendo o sobrenatural e a morte como última solução. 

 

Rodrigo Aragão – As Fábulas Negras

A primeira noite da Mostra TRASH também oferece a exibição do longa As Fábulas Negras (2015), com direção de Rodrigo Aragão, às 21h30, no Cine Cultura. O diretor é um dos maiores nomes do cinema de horror do cenário brasileiro. O profissional tem no currículo mais de 25 peças de teatro, 15 curtas-metragens e oficinas em diversos eventos cinematográficos. Rodrigo tornou-se referência em efeitos especiais em todo o país com seu longa A Noite do Chupacabras (2011). 

Em sua produção As Fábulas Negras (2015), Rodrigo Aragão divide a direção com Petter Baiestorf (lenda do trash nacional), Joel Caetano, Marcelo Castanheira e o mito José Mojica Marins, o Zé do Caixão. Após a exibição do filme, o diretor participa de bate-papo com o público.

 

Cinema Nacional e Internacional – Produções de tirar o fôlego

As atividades da quinta-feira (08) começam às 17 horas, com a exibição de curtas nacionais de suspense e mistério. As produções selecionadas foram: Mandala Night Club (2014) – Direção: Lula Magalhães; Julia (2015) – Direção: André Luis Camargo; Tarântula (2015) – Direção: Marja Calafange e Aly Muritiba; O Segredo da Família Urso – Direção: Cíntia Domit Bittar; Quarto para Alugar (2016) – Direção: Enock Carvalho e Matheus Farias e Até que a Morte nos Separe (2016) – Direção: Paulo Biscaia.

A noite também conta com a exibição dos longas internacionais Kriptonita (2015), às 19h30, e Virus: Extreme Contamination (2016), do diretor Domiziano Cristipharo, a partir das 21 horas.

O longa argentino Kriptonita, do diretor Nicanor Loreti, é uma sátira aos filmes de super-heróis produzidos. Nessa história, Kal-El transmuta-se em Super Nafta, uma espécie de super-herói das favelas.Virus: Extreme Contamination, do diretor Domiziano Cristopharo, conta a história de um cientista italiano que viaja para Kosovo a fim de estudar os impactos de um meteorito sobre as pessoas. O que ele não sabe é que o objeto é capaz de transformar todos que se aproximam em criaturas perigosas.

Após as exibições, haverá lançamentos com sessão de autógrafos dos livros BioCyberDrama Saga (2ª edição), de Edgar Franco e Mozart Couto, e A Última Fábula, de Francisco Costa. BioCyberDrama Saga é uma saga de ficção científica em quadrinhos criada pelo Edgar Franco (Ciberpajé) em parceria com o lendário quadrinista Mozart Couto. A segunda edição ampliada tem 280 páginas em capa dura, making of e epílogo com dez páginas inéditas.

A Última Fábula traz seis HQs de autoria de Francisco Costa, ilustradas pelos artistas: Eduardo Araújo, Gerson Moriyaso, Glauber Lopes, Elson Souto, Diana Doria, Zakuro Aoyama, Zoreia Diniz e Dirceu Sousa. Em conjunto, os textos versam sobre um universo mágico e poético, situado no campo da literatura fantástica.

 

Curtas e longas internacionais – Imaginação e ficção científica

A programação da sexta-feira (09) da TRASH - Mostra Internacional de Cinema Fantástico é composta por produções internacionais. Serão exibidos curtas e longas de diversos países a partir das 17 horas, no Cine Cultura.

Os curtas-metragens internacionais do segmento Thriller & Fantasy escolhidos foram: Wolves (2016) - Direção: Álvaro Rodriguez Areny; All These Voices (2015) – Direção: David Henry Gerson; Fool’s Errand (2016) – Direção: Christopher Goodman; Burned (2015) – Direção: Jaime Valdueza; The Butterfly Man (2015) – Direção: Edina Csüllög; Monster (2014) – Direção: Patrick Fatica; La Rabia de Clara (2016) – Direção: Michelle Garza Cervera e Spam Attack – The Movie (2016) – Direção: Daniel Raboldt.

Logo depois, é a hora dos curtas internacionais do gênero Experimental, Sci-Fi & Fantasy serem exibidos no Cine Cultura. A programação inclui as produções: Adam minus Eve (2016) – Direção Aurélia Mengin; Explorers (2016) – Direção: Chien-AnChou; Edamame (2016) – Direção: Arata Mori e Timo Behnke; AM/FM (2016) – Direção: Thomas Hicks; Blattaria (2014) – Direção: Thomas Pantalacci; Aurion (2013) – Direção: Lukas Väth; Blight (2015) – Direção Kate Walshe e Christopher Goodman e The Returno of Red Riding Hood (2016) – Direção: Raja Tawil.

O lançamento do livro 665, A Vizinha da Besta, de Tiago Holsi, será às 21 horas. A obra é sobre a Dona Graça, uma viúva de 75 anos que mora com seu cachorro Golias, no apartamento 665. O seu vizinho é o Diabo, que entediado com a rotina no inferno, resolve se mudar para o apartamento 666 no Edifício Babilônia.

O Elo Podre (2015), com direção de Valentim Javier, fecha com chave de ouro a programação da sexta-feira. O enredo é sobre um lenhador deficiente mental, Raulo, que vive em um pequeno vilarejo com sua mãe, uma bruxa curandeira, e sua bela irmã, a prostituta do local.

 

Mesa Redonda – Mulheres que Tocam o Terror!

O fim de semana continua animado na Mostra TRASH. A mesa redonda Mulheres que Tocam o Terror! será a primeira atividade do sábado (10) e tem início às 16 horas. O debate reúne grandes nomes na pesquisa e produção de filmes de terror para discutir o espaço das mulheres e o olhar feminino nas produções de gênero. 

Para compor a mesa redonda e intensificar o debate sobre o tema foram convidadas: Monica Demes (cineasta, diretora do premiado “O Despertar de Lilith”), Laura Cánepa (pesquisadora e Doutora em Multimeios pelo IAR-Unicamp), Alice Fátima Martins (Professora da UFG e Doutora em Sociologia pela UnB), Simone Zucollotto (jornalista e crítica, autora da série documental Nas Sombras do Medo: O Cinema de Terror no Brasil) e Mayra Alarcón (atriz e produtora executiva da Fábula Negras Produções). 

Segundo Laura Cánepa, as mulheres sempre tiveram papel fundamental na história do terror, principalmente na literatura. “Figuras como a Mary Shelley e a Anne Rice têm obras consideradas marcos fundamentais. Esse é um gênero que sempre explorou questões muito caras à experiência feminina e que contou com a participação de mulheres no debate, criação de histórias e na interpretação de personagens”, explica.

A cineasta Monica Demes também destaca a importância de se incentivar a participação feminina no gênero. “Para que as estórias de terror cumpram a sua função catártica, como as antigas tragédias gregas, é essencial que as mulheres se sintam representadas. O debate aberto proposto pela Mostra TRASH abre a porta para que se entenda a importância do universo feminino nessas produções”, finaliza.

 

Curtas, longas e lançamentos – O terror experimental     

Os curtas nacionais que se encaixam na sessão Experimental e Sangue são exibidos no dia 10 de dezembro, a partir das 17h30. A curadoria da TRASH selecionou as produções: O Preço do Mal (2015) – Direção: Cristiano de Oliveira, Corpo Vazio (2013) – Direção: Cintia Nakashima, Cabrito (2015) – Direção: Luciano de Azevedo, Nua por Dentro do Couro (2015) – Direção: Lucas de Sá, As Órbitas (2013) – Direção: Pedro Américo, Repolho (2014) – Direção: Alexander Buck e Solo (2016) – Direção: Maria Alice Arida.

O gênero fantasia também se destaca na programação do sábado. O longa ABCs of Superheroes (2015), com direção de Jens Holzheuer, será exibido às 19h30. A produção alemã reúne os mais incríveis super-heróis e vilões de todos os tempos.

O lançamento do livro “Tim Burton, Tim Burton, Tim Burton”, de Laura Cánepa, e da revista de quadrinhos e cinema Brazilla, de Filipe Rizzo, Daniel Chuis e Lima Neto, será às 20h30.

A obra “Tim Burton, Tim Burton, Tim Burton” apresenta um estudo aprofundado no trabalho do mestre Tim Burton – incluindo longas-metragens, curtas-metragens, programas de TV, telefilmes, videoclipes e exposição de artes. Já a Revista Brazilla, obviamente vinda do DF, nasceu da vontade de descobrir novos talentos dos quadrinhos e direcionar os roteiristas em destaque para a produção de roteiros de HQ. O resultado foi uma antologia de contos que abordam o terror, erótico, suspense, ficção científica, fantasia e humor. 

O Despertar de Lilith (2016), com direção de Monica Demes, fecha as atividades do dia. Para a produção, a diretora contou com a colaboração do genial diretor americano David Lynch. A obra apresenta uma reprimida personagem feminina abraçando seu lado sombrio.

 

Produções nacionais e internacionais – Do trash cômico ao terror

O último dia de programação da Mostra TRASH, domingo (11/12), começa com a exibição de curtas internacionais do gênero Comedy, Trash & Gore, a partir das 17 horas. A seleção de curtas inclui: Bitch, Popcorn&Blood (2014) – Direção: Fabio Soares, Here Lies Mrs. Higgins (2016) – Direção: Daniel Holmwood, Infected (2015) – Direção Jason Wright, Ladies Night (2016) – JohnnieBrannon, Landscape (2014) – Direção: Paul Gibbs, UnLoftAuParadis (2016) – Direção: Alexandre Lança, RecruiringHell (2016) – Direção: RandyBrososky, 32 (2015) – Direção: Luca Baggiarini e Zombie Playground: Ice Scream (2016) – Direção: Jason Wright.

O público também vai conferir a segunda sessão do documentário Nas Sombras do Medo – O Cinema de Terror no Brasil (2016), com direção de Simone Zuccolotto, às 18h30. Logo depois, às 20h10, é a vez da produção internacional Gordura (2015), de Pablo Parés, ser exibida na telona do Cine Cultura. Na história, três amigos que vão acampar e encontram uma misteriosa criatura: um dos lendários vermes usados para fazer hambúrguer. O enredo dá uma reviravolta quando os amigos fazem amizade com a criatura e a protegem do dono de uma rede de hambúrgueres.

O primeiro longa-metragem de zumbis produzido no país foi o escolhido para fechar a programação da Mostra TRASH. Terror no Colégio (1995), de João Rosendo, foi filmado na cidade natal do diretor, Manhumirim (MG). A produção movimentou a cidade e contou com a participação de vários moradores nas filmagens.

 

Oficinas – Incentivando a produção no gênero

Durante a programação da TRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico, serão ministradas oficinas gratuitas de Efeitos Especiais em Maquiagem e de Cinema de Alfred Hitchcock. O diretor e maquiador Rodrigo Aragão e o crítico e jornalista Carlos Primati foram convidados para compartilhar sua experiência na área.

A oficina de Efeitos Especiais em Maquiagem será ministrada pelo diretor Rodrigo Aragão, nos dias 8 e 9 de dezembro, das 14 às 18 horas, na sala Multimeios do MIS (Centro Cultural Marieta Telles Machado, 2º andar) . As aulas práticas são destinadas aos amantes dos efeitos especiais, sejam profissionais ou amadores, e visam ensinar técnicas utilizadas em teatro e cinema na caracterização de personagens e na criação de ilusões e efeitos, seguindo padrões de qualidade internacionais. 

Rodrigo Aragão é um dos maiores nomes do cinema de horror do cenário brasileiro. Na área há mais duas décadas, o diretor e maquiador tem no currículo mais de 25 peças de teatro, 15 curtas-metragens e oficinas em diversos eventos cinematográficos. Rodrigo tornou-se referência em efeitos especiais em todo o país com seu longa A Noite do Chupacabras (2011). O diretor teve o privilégio de trabalhar lado a lado com o cineasta José Mojica Marins no filme As Fábulas Negras (2015), que abre a exibição de longas-metragens na TRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico.

A oficina O Cinema de Alfred Hitchcock será ministrada pelo crítico e curador da Mostra TRASH, Carlos Primati. As aulas serão realizadas de 8 a 10 de dezembro, das 14 às 17 horas, na Escola Goiana de Desenho Animado. O objetivo da oficina é celebrar a obra do grande cineasta Alfred Hitchcock de uma forma abrangente, desde os seus primeiros filmes mudos até a consagração internacional, no início da década de 40.

Carlos Primati se dedica à pesquisa do cinema de horror mundial há mais de 20 anos. O jornalista publicou artigos em livros sobre a obra do cineasta José Mojica Marins e coproduziu, juntamente com Paulo Duarte, a Coleção Zé do Caixão em DVD, vencedor do 1º Prêmio DVD Brasil como melhor coleção do ano.

 

S E R V I Ç O

TRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico

Quando: 7 a 11 de dezembro

Onde: Cine Cultura  – Setor Central

Entrada Franca

Apoio Cultural: Cine Cultura, MIS, Dona Fiinha, Diablo, Gloria, HocusPocus, Mandrake, HQPoint e Estronho

Patrocínio: Lei Goyazes (Lei Estadual de Incentivo à Cultura), Seduce e Governo de Goiás, Compleite, Lei Municipal de Incentivo à Cultura, Prefeitura de Goiânia

Resultado de imagem para zé do caixão gif

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

1154   

Festival de Forró homenageia Luiz Gonzaga na cidade mais nordestina de Goiás

+ Eventos

Festival de Forró homenageia Luiz Gonzaga na cidade mais nordestina de Goiás

Teresópolis, a 30km de Goiânia, celebra o Dia Nacional do Forró com música e comidas típicas


7594   

Goiânia recebe bazar com vestidos de noiva a partir de R$ 400

+ Eventos

Goiânia recebe bazar com vestidos de noiva a partir de R$ 400

O concorrido evento tem peças assinadas pelo famoso estilista Fernando Peixoto


1020   

Complexo Criativo em Goiânia comemora um ano com shows de dois grandes nomes do rap nacional

+ Eventos

Complexo Criativo em Goiânia comemora um ano com shows de dois grandes nomes do rap nacional

Fora do eixo de baladas goianas, Galpão marca história na cultura hip hop


1726   

Sustentabilidade é o prato principal de Festival Gastronômico na Chapada dos Veadeiros

+ Eventos

Sustentabilidade é o prato principal de Festival Gastronômico na Chapada dos Veadeiros

Evento em Alto Paraíso vai reunir chefs renomados para culinária gostosa, leve e natural


2024   

Confira programação de dezembro no Centro Cultural Oscar Niemeyer

+ Eventos

Confira programação de dezembro no Centro Cultural Oscar Niemeyer

Sim, apesar da reforma no local, agenda cheia de dezembro inclui seminário, exposição de artes plásticas e concertos da Filarmônica com entrada gratuita


361   

MAC recebe maior exposição sobre artista já realizada em Goiânia

+ Eventos

MAC recebe maior exposição sobre artista já realizada em Goiânia

Cerca de 300 obras e objetos pessoais de frei dominicano, mestre e artista que deixou importante legado em Goiás


6433   

Encontro de gatos acontece pela primeira vez em Goiânia com entrada gratuita

+ Eventos

Encontro de gatos acontece pela primeira vez em Goiânia com entrada gratuita

Criadores de Goiânia e Brasília vão expor raças raras como Persa, Himalaio e Sphynx, além do Exótico de Pelo Curto


6372   

Chitãozinho & Xororó e Falamansa são destaque no Réveillon 2018 em Goiânia

+ Eventos

Chitãozinho & Xororó e Falamansa são destaque no Réveillon 2018 em Goiânia

A mega estrutura será montada no Serra Dourada com entrada gratuita. Confira a programação:


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2017. Todos os direitos reservados.