23/09/2017 20:38
Notícias / Conteúdo

Festival Vaca Amarela realiza sua 15ª edição nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro

Um dos maiores festivais da música independente nacional é goianiense e desembarca no próximo dia 10 na Cidade Maravilhosa

1977    22

Chrystal
por Chrystal Méndez

Foto: Fora do Eixo

Matéria atualizada em 06/09/2016

 

Em setembro (10) o Festival Vaca Amarela, um dos principais da música independente do país, desembarca no Rio de Janeiro em seu 15º ano de realização.

O festival faz uma ponte-aérea Goiânia-Rio e vai parar no meio da programação das Olimpíadas da Cidade Maravilhosa, na Fundição Progresso, na Lapa. O evento foi escolhido no edital da Fundação Nacional de Artes (Funarte) para Festivais de Música durante os jogos paraolímpicos e representará o Centro-oeste na mostra que levará pequenas edições de festivais de música de várias partes do Brasil.

A ideia do festival é apresentar um recorte da música contemporânea independente produzida em Goiás e no Brasil. "Nossa intenção é levar shows de artistas expoentes da música jovem independente produzida no Brasil, concentrando sua atenção na produção musical realizada distante dos centros econômicos do País e ainda assim totalmente urbana em sua essência", explica o produtor cultural João Lucas Ribeiro, que integra a Fósforo Cultural, coletivo por trás do Festival Vaca Amarela.

Para este show no Rio de Janeiro, a proposta é apresentar diferentes bandas que se destacam por sua produção musical, lançamento de discos ou ainda grupos que mantém contato direto com o festival em Goiânia. Tem de tudo: do rock ao funk, passando pelo pop psicodélico e pela MPB. Estão garantidas as bandas: Carne Doce (que lancará no Rio o seu segundo disco, "Princesa"), Peixefante, Overfuzz e Components, com personalidades que já conquistaram o público carioca: a funkeira Deize Tigrona e a banda Baleia.

Para os produtores do Vaca Amarela, a seleção é quase um presente de aniversário. A edição olímpica vai ser o pontapé inicial das comemorações dos 15 anos do festival, que será realizado em Goiânia em setembro. “A ação do Rio de Janeiro não é apenas uma vitrine da música jovem brasileira tipo exportação como também um importante marco para o Vaca Amarela, que sempre foi um atento observador e colaborador para o desenvolvimento do mercado da música produzida no Brasil durante a revolução digital da indústria fonográfica”, explica João Lucas. O evento acontece três dias após a cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos.

 

10 anos de Fósforo Cultural

Consciência coletiva, cultura em rede e diversidade musical em foco. Se a produção de rock independente de Goiânia tivesse uma obra autobiográfica, a Fósforo Cultural seria representada por um extenso capítulo intitulado “Faça você mesmo”. Há 10 anos a produtora se divide em ações de fomento e fruição de bens culturais, seja na produção de festivais de música, como o Vaca Amarela e o Grito Rock, seja na propagação e articulação de bandas regionais.

Reflexo de uma transformação na indústria fonográfica pós era digital, uma explosão de festivais ilustra a ascensão do rock alternativo em todo o Brasil, com foco em Goiás. Só a Fósforo, por exemplo, produz anualmente o Grito Rock, que já chega à sua décima edição em Goiânia, o La Bomba Latina, série de intercâmbio cultural entre bandas latino-americanas, o Falante Records, o Tacabocano CD e o Release Alternativo, projetos para descobertas de novas bandas e, ainda, o Vaca Amarela, festival mais antigo da Fósforo, e que chega à sua 15ª edição em setembro.

 

Casa da Cultura

Durante o período das Paralimpíadas, o espaço da Fundição Progresso vai se transformar na Casa da Cultura, recebendo cerca de 100 apresentações de artistas das cinco regiões brasileiras. A mostra de artes visuais Ponto Transição, a Mostra Funarte de Festivais de Música nas Olimpíadas, o festival Interações Estéticas e o projeto Biblioteca Livre integram a programação que ocupa os 13 mil metros quadrados do centro cultural entre os dias 1 e 18 de setembro. O evento é realizado pelo Ministério da Cultura.

Com shows que contemplam toda a variedade sonora da cultura nacional, a Mostra Funarte de Festivais de Música traz 70 apresentações. Da região Sudeste virá O Menor Festival de Jazz do Mundo; da região Centro-Oeste o representante é o Festival Vaca Amarela e do Sul o Morrostock. Do Nordeste, foram selecionados o Festival Coco de Nóis e do Mundo e o festival A Hora do Coco e do Norte o Festival Se Rasgum. Cada um com uma programação diferente e gratuita às terças, sextas e sábados, a partir de 19h.

Já a mostra de artes visuais Ponto Transição, aberta diariamente entre 13h e 22h e também patrocinada pela Funarte / Minc, traz criações de artistas contemporâneos brasileiros. Outro festival musical, o Interações Estéticas terá 31 apresentações distribuídas entre os dias 7, 8, 11, 14 e 15 de setembro; e o projeto Biblioteca Livre terá atividades e performances artísticas dos Pontos de Cultura todos os dias entre 6 e 18 de setembro.

 

Programação:

21:00 - Lutre

21:30 - Pó De Ser

22:00 - Components

22:30 - Oblongs

23:00 -Deize Tigrona

23:30 -Hell Oh

00:45 - Peixefante

01:15 - Carne Doce

01:45 - Overfuzz

02:15 - Baleia

 

S E R V I Ç O

Vaca Amarela nas Olímpiadas

Quando: 10 de setembro (sábado)

Onde: Fundição Progresso

Endereço: R. dos Arcos, 24 - Lapa, Rio de Janeiro

Horário: 21h

Entrada Franca

Maiores informações: Festival Vaca Amarela www.festivalvacaamarela.com.br

NOTÍCIAS RELACIONADAS

16524   

Museu de Star Wars será aberto em Los Angeles

+ Notícias

Museu de Star Wars será aberto em Los Angeles

George Lucas deve desembolsar US$ 1 bilhão na estrutura do local


89888   

ANTT convidada população a discutir criação do trem de passageiros entre Brasília e Goiânia, o 'Expresso Pequi'

+ Notícias

ANTT convidada população a discutir criação do trem de passageiros entre Brasília e Goiânia, o 'Expresso Pequi'

O trem deve atingir uma média de 160 km/h em uma viagem de cerca de 95 minutos, transportando mais de 40 milhões de passageiros por ano


22213   

Vocalista do LS Jack retorna aos palcos 13 anos depois do coma

+ Notícias

Vocalista do LS Jack retorna aos palcos 13 anos depois do coma

Em 2004, o cantor passou por complicações após um procedimento de lipoaspiração, que o deixou em coma, e também com algumas sequelas na fala e nos movimentos


6305   

Vídeo: Dois ex-secretários se disfarçam de 'fantasmas' para furtar Prefeitura em Goiás

+ Notícias

Vídeo: Dois ex-secretários se disfarçam de 'fantasmas' para furtar Prefeitura em Goiás

A dupla arrombou a sala da administração municipal para furtar uma impressora


29835   

Jorge e Mateus desmentem fim da dupla e sobem aos palcos após onda de boatos

+ Notícias

Jorge e Mateus desmentem fim da dupla e sobem aos palcos após onda de boatos

Nas últimas semanas circulou na internet a falsa notícia que a dupla iria se separar; para sossego dos fãs eles só vão entrar de férias e retomam os trabalhos com tudo em 2017


37198   

Praça Cívica vai abrigar Circuito Cultural em Goiânia

+ Notícias

Praça Cívica vai abrigar Circuito Cultural em Goiânia

As obras de R$ 100 milhões deverão ser iniciadas entre os meses de abril e maio e a conclusão total está prevista para os próximos dois anos


32784   

Curta Mais registrou o estado dos edifícios históricos do Centro de Goiânia; veja as fotos

+ Notícias

Curta Mais registrou o estado dos edifícios históricos do Centro de Goiânia; veja as fotos

Depois da repercussão da matéria publicada pelo The New York Times na última segunda-feira (9), o Curta Mais foi conferir (e registrar) de perto o descaso com a arquitetura histórica de Goiânia


22625   

Meteorologia prevê chuva em todos os dias da semana em Goiânia

+ Notícias

Meteorologia prevê chuva em todos os dias da semana em Goiânia

A sensação térmica que chegou aos 40º nos últimos dias pode estar com os dias contados


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2017. Todos os direitos reservados.