17/07/2019 02:14
Curiosidades / Histórias

Estudantes de Goiânia se mobilizam e arrecadam alimentos para as vítimas do ciclone na África

Um verdadeiro exemplo de empatia a ser seguido na cidade

Bianca
por Bianca Stephania G Siarom

No dia 14 de março, um ciclone chamado de Idai, tocou o solo de Moçambique e deixou rastro de destruição pelos três países por onde passou. Os ventos ultrapassaram 140 km/h, e destruíram casas e causaram alagamentos, deixando mais de mil pessoas mortas e milhares em situação precária, sem onde morar e passando fome.

Enquanto muita gente fecha os olhos para o mundo, alguns estudantes de Goiânia resolveram se juntar em solidariedade e realizaram um ato de pura empatia e amor. Sabendo da gravidade do caso do ciclone e da necessidade de ajuda, alunos de colégios de Goiânia se sentiram tocados em ajudar.

Em Goiânia foi montado um posto de coleta de doações para a vítima da tragédia. O Curta Mais se uniu à ONG Missão África para levantar recursos que serão integralmente destinados às vítimas. A entidade, que se dedica a causa africana desde 2011, pede que neste momento as pessoas façam doações de leite em pó em saquinho, pela praticidade de transporte e pela situação de emergência das crianças desabrigadas.

8b9e4b2a1392f7667106984e006f7911.jpeg

Os estudantes Roberta Ximenes, do colégio Atual, Pedro e a Rita Giana, ambos do colégio Integrado Jaó, movimentaram suas escolas para arrecadar leite em pó em saquinhos, o que rendeu centenas de quilos em nosso posto de coleta, localizado na loja de atendimento do Curta Mais no Shopping Bougainville.

Segundo Roberta, ela não conseguiu ver todo aquele caos e não se mover para ajudar. "Vi que precisavam de voluntários pois existiam poucos ali, meu primeiro instinto foi me colocar no lugar daquelas crianças e tentar ajudar de alguma forma.", conta. A garota, de apenas 15 anos procurou a coordenação do seu colégio para conseguir ajuda de mais pessoas. "Foi aí que tivemos a ideia de arrecadarmos os saquinhos de leite em pó nas olimpíadas da escola, e o resultado foi ótimo. Arrecadamos cerca de 15 caixas de papelão cheinhas de alimentos", relata a estudante.

e8d859f1b2777ab5c9006fa2e693bb4a.jpegRoberta com as doações que arrecadou em seu colégio

Rita e Pedro decidiram arrecadar dinheiro para facilitar as doações, pois ficava mais fácil de armazenar na escola. "Decoramos uma urna e passamos em cada sala mobilizando os alunos, explicando o que houve na África, quais foram as causas e consequências do ciclone." conta Rita. No final de tudo, conseguiram juntar cerca de R$ 1.400,00 reais, o que deu pra comprar várias caixas cheinhas de doações. Tudo isso foi com toda ajuda do professor Paulo Henrique Gomes, que despertou o interesse dos alunos em uma aula de geografia.

738216574896a1d9bcdc5753cc87074a.jpegRita e Pedro com as doações que arrecadaram no colégio

23b19732a894d20435d56a41eef15d06.jpg

5b9cfefb116f317145d7302c46e44600.jpgEntrega das doações de leite em pó para mães e crianças

Juntamente com a ONG Missão África, bombeiros de Minas Gerais, que auxiliaram em Brumadinho, também estão na África para ajudar na ação.

Apesar de todos os esforços medidos, a situação em Moçambique é crítica. "A maioria das pessoas que perderam suas casas estão morando em barracos improvisados e sem perspectiva de mudança imediata [...] A Fome é uma realidade e com certeza todo quantidade que arrecadamos ainda é muito pouco. Já distribuímos mais de 40 toneladas de alimento que simplesmente sumiram em poucos minutos. Vivemos aqui cenas tristes, pessoas dando a vida por um saco de farinha.", conta Paulo Neto, um dos voluntários coordenadores da ação. Segundo o rapaz, além de tudo, as doenças estão se espalhando cada vez mais rápido "A malária e a cólera com certeza são as doenças que mais colocam em risco as comunidades e também a equipe, apesar de todo cuidado que tomamos."

 

No último dia 31 de março, centenas de jovens de Goiânia também se mobilizaram e produziram kits de emergencia que foram levados para a África:

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Jovens de Goiânia se mobilizam e garantem 25 mil refeições a vítimas do ciclone na África Enquanto muita gente curtia o domingo vendo futebol e filmes na TV ou uma piscina para fugir do calor de Goiânia, mas de 80 jovens se revezam na sede do Instituto Total, localizado no Alpha Mall, para montar 5 mil kits de comida que vão garantir pelo menos 25 mil refeições para vítimas do ciclone em Moçambique, na África. Os voluntários da Igreja Sal da Terra se juntaram à ONG Missão África, que se dedica a causa africana desde 2011 e está reforçando o trabalho nos últimos dias desde a passagem do ciclone Idai por Moçambique que deixou mais de 700 mortos e milhares de desabrigados. Uma equipe sairá de Goiânia nos próximos dias para levar os mantimentos e outras ajudas humanitárias aos africanos. O socorro às vítimas do ciclone será um processo continuo e que vai demorar meses e talvez até anos. Moçambique precisa de TODOS nós. Você também pode contribuir com doação em dinheiro diretamente para a ONG: Banco do Brasil Ag: 1001-4 C/C: 119.273-6 Ou Caixa Economica Ag: 3961 C/C: 2919-8 Op: 003 Missão África CNPJ: 16.908.250/0001-64

Uma publicação compartilhada por Guia Curta Mais (@curtamais) em

 

Para ajudar, as pessoas podem fazer doações nas seguintes contas da Organização Não Governamental Missão África:

Banco do Brasil
Agencia: 1001-4
Conta Corrente: 119.273-6

Caixa Econômica Federal
Agencia: 3961
Conta Corrente: 2919-8
Op: 003

Missão Africa
CNPJ: 16.908.250/0001-64

A Loja de atendimento do Curta Mais ainda é um posto de coleta de leite em pó (armazenados em saquinhos plásticos) enquanto houver necessidade. A loja fica no Piso 1 do Shopping Bougainville, em frente ao Piquiras.

Notícias sobre:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Curiosidades

10 coisas que você provavelmente não sabia sobre o Teatro Mágico

Fernando Anitelli concedeu uma entrevista ao Curta Mais e nos contou detalhes inesperados e curiosos sobre a carreira, a turnê e o show de sexta-feira em Goiânia: confere aí!


+ Curiosidades

Eclipse Solar x Eclipse Lunar: Conheça as diferenças

Sabemos que eclipse é um fenômeno raro que acontece poucas vezes durante o ano, mas você sabe quais as diferenças entre um eclipse solar e um eclipse lunar? A gente te explica


+ Curiosidades

50 anos da ida do homem à Lua! Mas será mesmo? Conheça a teoria conspiratória que nega o acontecimento

Ainda hoje há quem acredite que foi tudo uma farsa, conheça os argumentos que baseiam esta teoria


+ Curiosidades

Instagram: lago paradisíaco que virou point de blogueiros famosos na verdade é um lixão altamente tóxico

A água azul-turquesa é efeito da reação química e é altamente nociva a pele ao menor contato


+ Curiosidades

Hoje (15 de julho) é o Dia Internacional do Homem no Brasil

A data nasceu de uma reunião da Ordem Nacional de Escritores, no Brasil, mas mundialmente é pensada para o cuidado com a saúde masculina


+ Curiosidades

A música brasileira mais ouvida no mundo nasceu em Goiânia e não é sertanejo

A canção atingiu 400 milhões de streams nas plataformas digitais


+ Curiosidades

Sim, Goiânia tem Futebol Americano e com equipe disputando acesso ao Campeonato Brasileiro

Sábado, no Estádio Olímpico, o Goiânia Saints FA inicia uma série de jogos com times de Brasília na disputa ao acesso a elite do esporte, no Brasil.


+ Curiosidades

Cantora faz tour onde tocará em todos os países do mundo

Joss Stone já está a 5 anos na "Total World Tour" e já está próxima da meta. Ela já passou por 175 países


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.