22/07/2018 17:23
Notícias / Conteúdo

Dinamarca é o primeiro país a ter agricultura totalmente orgânica

Governo proíbe agrotóxicos e incentiva a produção natural

Marcelo
por Marcelo Albuquerque

A Dinamarca está se preparando para ter uma agricultura totalmente sustentável. Este é um dos projetos que o atual governo tem intenção de por em prática a de transformar a agricultura dinamarquesa em 100% orgânica.

A primeira meta, a ser alcançada até 2020 é a de se duplicar a quantidade atual de terra cultivada organicamente. Atualmente, a Dinamarca já é o país com maior desenvolvimento e amplitude do comércio de produtos orgânicos. E este ano pretende investir mais de 35 milhões de euros para ampliar a agricultura biológica.

A agricultura biológica na Dinamarca está à frente de seu tempo. São já quase 25 anos de existência e aplicação de leis sérias de proteção à natureza, às águas, ao uso de defensivos e outros produtos agrícolas, sendo que 97% da população conhece o seu significado e importância. É um verdadeiro recorde, assim como o fato de que a despesa total de alimentos do país é composta por 8% apenas de produtos certificados. E desde 2007, a exportação de produtos orgânicos na Dinamarca aumentou em 200%.

Com essa ótica, a Dinamarca hoje se propõe trabalhar em duas frentes diferentes: uma delas visa aumentar a quantidade de terras agrícolas que usem agricultura biológica e o outro, estimular uma maior demanda para os produtos de origem comprovadamente orgânica e sustentável.

Assim, serão privilegiados os produtores que quiserem investir na conversão de suas terras, da agricultura convencional para a orgânica e biodinâmica e os projetos que visem o desenvolvimento de novas tecnologias para a promoção da sustentabilidade no campo.

Neste contexto já está em marcha, nas prefeituras locais, a ocupação de áreas antes baldias, com produção de hortaliças sazonais, de forma orgânica.

Como primeiro objetivo, o país pretende oferecer às escolas, cantinas e hospitais, até um 60% de alimentos de origem orgânica. Atualmente essas instituições públicas nacionais servem 800 mil refeições por dia. A mesma política, de servir só refeições de origem orgânica, já está sendo ampliada para os ministérios dinamarqueses em suas cantinas.

Na educação já está sendo prevista uma reforma do sistema atual para incluir cursos de nutrição, alimentação saudável e agricultura natural.

Em resumo, o país inteiro, com todas suas instituições, marcha junto para transformar-se em uma região livre de agrotóxicos, onde a alimentação saudável é assunto de estado.Um bom exemplo, desde que a realidade no campo não seja “apagada” pela propaganda enganosa da indústria alimentícia.

dina

Liderança e pioneirismo: Dinamarca vai investir 35 milhões de euros para ampliar a agricultura orgânica

 

Fonte: Greenme

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Goiânia terá edição especial de cursos de danças urbanas

Curso inédito contará com Hip Hop, Jazz Funk, Vogue e vários outros estilos



+ Notícias

WhatsApp limitará o compartilhamento de mensagens

Todos já recebemos alguma noticia de maus tratos, assalto ou até sequestro pelo whatsapp. Mas todos eram reais? E os riscos dessas FakeNews se espalharem?


+ Notícias

Goiano cria um 'LamborgUno' em casa e faz sucesso na web

Toda a adaptação do veículo foi feita dentro de casa


+ Notícias

Governo da cidade de Viena distribui desodorantes para os passageiros de metrô em onda de calor

Consegue imaginar desodorantes de graça na Praça da Bíblia ou nos terminais da Anhanguera?


+ Notícias

13 lugares em Goiânia para sair da rotina com os amigos

Um roteiro completo para aproveitar com a galera!


+ Notícias

DC Films divulga imagem de Shazam em seu filme que virá em 2019

Está preparado para o Shazam? Já sabe tudo sobre o herói de 1940 que terá filme lançado em 2019? Poderes, Historia e Personalidade?


+ Notícias

Cachorrinha é flagrada andando de moto em... Goiânia!

O vídeo foi registrado em uma avenida do Bairro Goiânia 2 e viralizou nas redes sociais


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.