25/03/2019 05:05
Turismo / Setores de Goiânia

Conheça as histórias de monumentos goianos que você vê todo dia e nem percebe

Por maior que eles sejam, você sempre passa por ali e ignora a história que cada um leva

Marcella
por Curta Mais

Já viu aquela estátua de um homem em cima do cavalo ou então aqueles três caras ajudando a levantar uma pilastra? Você sabe a história deles? Sabe por que estão ali e que eles são?

Cada um desses monumentos fazem parte de um pedacinho de Goiânia e marca um momento da nossa história. Dá uma olhada.


Monumento das Três Raças

1bc49dac43acda157bd8bb80e225bcb2.png

Imagem: Curta Mais

Localizado na Praça Cívica, o monumento homenageia as três raças, negros, índios e brancos, responsáveis pela criação da cidade e das características genéticas e culturais do povo goiano.

Vale a pena citar que o Monumento das Três Raças é considerado símbolo goiano e é exibido como cenário nas fotografias turísticas.

Painéis da Via Sacra

d76e97c55fd57357175561b4136167cc.JPG

Imagem: Estradas e Caminho/Reprodução

Esses painéis estão localizados a caminho de Trindade e são muito familiares aos romeiros que vão a cidade a pé todo ano.

Os 14 painéis mostram toda a passagem da crucificação de Jesus em imagens. Uma curiosidade sobre eles é que a imagem da jovem que morreu em 1987 por causa do acidente com o césio 137 aparece em todos os painéis.

Monumento dos Três Marcos e "Espeto da T-63"

ead7244c95f79a6f31e3b03174fa138c.jpg

aba53b3fbce940d7494c5008ed7804bd.jpg

Imagens: Curta Mais

Localizado na Avenida 85, possui 46 metros de altura e três pontas indicando as regiões com maior crescimento urbano da capital e servindo como referência ao direcionamento leste, oeste e sul, de acordo com o arquiteto do monumento.

Enquanto isso o monumento da avenida T-63 tem como inspiração um ponteiro de bússola. Composto por dois primas que se tocam nas extremidades, o monumento funciona como um grande eixo de orientação que indica a direção norte, tornando-se um marco para Goiânia e servindo como instrumento para nortear visitantes e moradores da capital.

Tanto o Monumento da Praça do Ratinho quanto o da Praça do Chafariz marcam contrapontos da Avenida 85 nos seus eixos de início (a Praça do Chafariz), meio (a Praça do Ratinho) e fim (a Praça Cívica).

Monumento à Paz

fe81b29b5e929bb90ac9e0297319b90c.jpg

Imagem: Turismo Pelo Brasil/Reprodução

O Monumento à Paz está situado no interior do Bosque dos Buritis. Ele pesa 50 toneladas e seu centro contém terras originárias de 50 países com o intuito de transmitir a união e a paz no mundo.

Austrália, Israel, Holanda, Ghana, Portugal, Suécia, Uruguai e a Rússia foram os primeiros países a enviar amostras de seus solos. A ampulheta traz consigo os seguintes dizeres:
"A Terra é um só país, e os seres humanos seus cidadãos".

Monumento aos Mortos e Desaparecidos na Luta Contra a Ditadura Militar

70b05e1b802d307efd8bba859395c0ac.jpg

Imagem: Portal Goiânia/Reprodução

Localizado na Avenida Assis Chateaubriand, no Setor Oeste, o monumento, inaugurado em 2004, fica em frente ao Bosque dos Buritis. Possui a forma esférica lembrando o Planeta Terra.

Junto ao Monumento é possível encontrar uma placa com o nome dos 15 goianos desaparecidos durante a ditadura com os dizeres: "Porque defendiam a justiça e a liberdade".
Cada gomo da esfera representa uma vítima do regime militar, homenageando goianos mortos e desaparecidos políticos dos anos de 1968 e 1969.

Monumento ao Bandeirante

93e63a97593da4cf37466dc7c16b7a54.jpg

Imagem: Argosfoto/Reprodução

O Bandeirante está localizado na Avenida Anhanguera e foi um presente da Universidade de São Paulo como um símbolo que representa as maiores colaborações do bandeirante para Goiás.

O monumento representa Bartolomeu Bueno da Silva, o filho, que veio ao estado pela primeira vez com seu pai em 1682.

Monumento a Pedro Ludovico Teixeira

84acfca4a13d4118effe1c46373e7611.jpg

Imagem: Célia Cerqueira/Reprodução

O busto homenageia Pedro Ludovico Teixeira, fundador de Goiânia.

Estátua de Pedro Ludovico

d4fcfcdfdd5fe91a6ca1e43593267c63.jpg

Imagem: Representação de Goiás no Distrito Federal/Reprodução

A estátua do homem sobre o seu cavalo que se encontra na Praça Cívica é a imagem de Pedro Ludovico Teixeira, fundador de Goiânia.

Sabemos que existem várias outras estátuas e monumentos espalhados por Goiânia. Na sua opinião qual história está faltando aqui? 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

10 motivos pra ser feliz em Goiânia

No Dia Internacional da Felicidade declare seu amor pela cidade


+ Turismo

Conheça Chapadão do Céu, a melhor cidade para se viver em Goiás

Cidade sustentável é a porta de entrada para o Parque Nacional das Emas. Possui forte potencial turístico e muitas cachoeiras para se refrescar!


+ Turismo

Catedral das Artes reúne exposições, biblioteca e cinema gratuito em Goiânia

Com um conjunto arquitetônico inspirado nas formas orgânicas do cerrado, o Instituto Cultural chama a atenção por quem passa pelo St. Santa Genoveva


+ Turismo

As 30 melhores cidades para se viver em Goiás

O ranking da Firjan é baseado no desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros


+ Turismo

Irlanda oferece bolsa de estudos com tudo pago exclusiva para brasileiros

O bolsista selecionado terá todos os custos pagos por um ano do curso, de setembro de 2019 a agosto de 2020


+ Turismo

Confira a programação completa do carnaval em Anápolis

Vai ter bloco carnavalesco na rua e o Festival Grito 2019 para os rockeiros


+ Turismo

Programação completa do Carnaval na Cidade de Goiás

Separe a fantasia, o confete e a serpentina e caia na folia!


+ Turismo

Goiânia sedia a primeira edição da 'Expo Turismo Goiás' com entrada gratuita

Organizadores estimam que mais de 2 mil pessoas participem da feira


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.