21/08/2019 02:08
Turismo / Turismo em Goiás

Calendário das maiores festas populares, tradicionais e folclóricas de Goiás

Uma agenda obrigatória para conhecer e curtir as maiores manifestações culturais goianas

Marcelo
por Marcelo Albuquerque

O estado de Goiás é conhecido pelas manifestações culturais e religiosas. Curta Mais selecionou algumas festas importantes e que fazem parte da construção do 'ser goiano'. O folclore do estado de Goiás é um algo importante para os moradores da capital e do interior do Estado. Quando falamos de manifestação cultural, percebemos a bela mistura da cultura de vários povos, como índios, portugueses e africanos. A influência religiosa também é muito forte. Conheça aqui algumas das mais antigas e importantes festas do Estado.

Procissão do Fogaréu – Cidade de Goiás

Goiás

Considerada uma das cerimônias mais tradicionais do estado de Goiás, a Procissão do Fogaréu acontece há 260 anos, sempre na ocasião da Semana Santa. A procissão encena a prisão de Jesus Cristo. À meia-noite da Quarta-Feira das Trevas, pois toda iluminação pública é apagada, 40 farricocos, forma de demonstrar penitência de acordo com o Antigo Testamente, aparecem encapuzados ao som de canções oitocentistas. Seguem caminho passando pela Igreja da Boa Morte, Igreja de Nossa Senhora do Carmo e Igreja do Senhor dos Passos.

Período: Semana Santa – Março/Abril

 

Cavalhadas – Pirenópolis

Corumbá

Desde 1820, Pirenópolis emociona seus habitantes com essa encenação linda. A festa das Cavalhadas surgiu em 1820, com o intuito de catequizar escravos e índios brasileiros. Os jesuítas, inicialmente responsáveis por essa festa, começam a preparar seus participantes uma semana antes, quando as duas tropas passam de casa em casa, convidando para o ensaio. O evento acontece no Campo das Cavalhadas (Cavalhódromo), mas hoje, se estende por todos os bares e ruas da cidade.

Período: Festa do Divino - Abril/Maio

 

Cavalhadas — Palmeiras de Goiás

cavalhadas

Palmeiras de Goiás também é palco das tradicionais cavalhadas, que acontecem em maio. A festa, que retrata o confronto entre mouros e cristãos, chama a atenção pela beleza e pelo colorido dos trajes (cristãos, vestem-se de azul e mouros, de vermelho). As cavalhadas retratam as lutas de Carlos Magno, imperador dos francos (800 d.C.) e dos doze Pares de França, investidos pelo Papa Leão em cruzadas, com a missão de lutar contra os Sarracenos (Mouros), povos bárbaros que haviam invadido a Península Ibérica (hoje Portugal e Espanha).

As cavalhadas chegaram ao Brasil com os portugueses e espanhóis, no início do século 16. Enquanto a festa de Pirenópolis tem origem espanhola, a de Palmeiras de Goiás possui tradição portuguesa. O traço comum entre ambas as cavalhadas é a participação da banda de música, com composições típicas da cavalaria. As cavalhadas de Palmeiras de Goiás são reconhecidas pela exuberância de sua apresentação. Os cavaleiros exibem bela vestimenta, com muito brilho e harmonia, do capacete às botas. Os cavalos desfilam com adornos nas cores prata e dourada. Os cristãos colocam-se à direita das autoridades, trajando capacetes e túnicas de veludo azul, calças brancas e botas pretas. Os mouros usam turbantes, túnicas e calça de veludo vermelho ornamentados com plumas e pedrarias de cores variadas.

Data: Móvel – Maio

 

Cavalhadas — Corumbá de Goiás

cavalhadas

As Cavalhadas de Corumbá de Goiás surgiram em meados do século 18 (de 5 a 8 de setembro). Vista como uma das mais tradicionais festas do Estado, a manifestação retrata a batalha entre mouros e cristãos e atrai milhares de turistas. São 24 cavaleiros. Os mouros se vestem de vermelho e os cristãos de azul. Em corridas e lutas eles se enfrentam. No segundo dia, há a luta final, com a vitória dos cristãos que convencem os mouros a se batizarem. A encenação é marcada pela música da Corporação 13 de Maio, que se apresenta há 113 anos. No terceiro dia da festa, os grupos se confraternizam. E, finalmente, no dia 8 de setembro (último dia), as atenções se voltam para Nossa Senhora da Penha, a padroeira da cidade. Paralelamente, há barracas com comidas típicas e o comércio de roupas e artesanatos.

Data: Festa Nossa Senhora da Penha - Agosto/Setembro

 

Cavalhadas e Contradança — Santa Cruz de Goiás

Santa

Há cerca de 138 anos, Santa Cruz de Goiás sedia a Contradança, uma manifestação folclórica de origem francesa.  A dança era muito apreciada nos bailes do século XIX e deu origem à quadrilha, valsa, mazurca, pas-de-quatre e várias outras. Além da Contradança, há também as Cavalhadas, com o típico confronto entre mouros e cristãos. A festa atrai cerca de 5 mil pessoas por dia. Vale a pena conferir.

Período: 40 dias após a páscoa – Março/Abril

 

Congada de Catalão

Catalão

A Congada de Catalão é uma festa brasileira que acontece desde 1876. Em 1820, escravos semi-libertos chegaram à Vila Catalão, para trabalhar nas lavouras de café. Os escravos não carregavam com eles apenas seus instrumentos de trabalho, mas também suas crenças, seus usos e costumes. É daí que surge o louvor à Nossa Senhora do Rosário. A comemoração mistura o catolicismo e os ritos afros, essa manifestação religiosa é celebrada até hoje, da última sexta-feira de setembro ao segundo domingo de outubro.

Período: Festa de Nossa Senhora do Rosário – Setembro / Outubro

 

Exposição Nacional de Orquídeas de Piracanjuba

Piracanjuba

A exposição acontece anualmente em Maio, em Piracanjuba. O evento já ocorre há mais de 20 anos e reúne colecionadores, vendedores e apreciadores de orquídea de todo o país. São exibidas em média 25 mil flores de diversas regiões do mundo. De acordo com o presidente da Associação Piracanjubense de Orquidófilos (APO) o evento conta com a participação de 35 mil pessoas durante os três dias do evento.

Período: Maio – Primeira semana.

 

Romaria do Muquém - Niquelândia 

Muquém

A romaria acontece anualmente de 5 à 15 de agosto. A festa celebra a lenda em que Nossa Senhora da Abadia operou vários milagres, favorecendo escravos que conseguiram escapar com vida do quilombo, e alguns portugueses que eram pegos garimpando sem licença. Como gratidão à virgem, ergueu-se uma capela no local. Para acompanhar a festa, cerca de 100 mil pessoas passam por alí.

Período: 5 à 15 de Agosto

 

Festa em Louvor ao Divino Pai Eterno – Trindade

Trindade

Considerada a festa mais importante do estado, relatos indicam que a romaria começou em 1840, no arraial do Barro Preto, local esse em que os moradores encontraram um medalhão de barro. O fato levou várias pessoas ao local e assim, a romaria começou. O medalhão foi substituído por uma imagem semelhante, esculpida em madeira pelo artista plástico Veiga Valle. A romaria acontece entre a última semana de junho e o primeiro domingo de julho

Período:  Última semana de Junho e primeira de Julho.

 

Festa de Nossa Senhora do Pilar

Festa

A festa em louvor de Nossa Senhora do Pilar, em Pilar de Goiás, é uma das mais antigas do Estado. Há registros que remetem ao ano de 1690, quando acontecia a celebração em Minas Gerais e no Nordeste. Em Goiás, a festa acontece no primeiro sábado de setembro. A programação prevê missa cantada, procissão, novena, desfile cívico e as cavalhadas, o ponto alto da festa.

Data: Festa - 05 a 08/ Setembro

Cavalhadas – dia 08 de Setembro – Comemora na data da Nossa Srª do Pilar

 

Festa de São Sebastião — Silvânia

Festa

Embora não haja registro oficial, acredita-se que a Festa de São Sebastião tenha surgido no século 19, em Silvânia. Ela tem início na segunda quinzena de julho. São dez dias, em que acontecem novena, folia e procissão luminosa. Há ainda bingos, leilões e barraquinhas que comercializam produtos diversos.

Data: Móvel – 2º quinzena de Julho

 

Festival Internacional de Cinema (Fica) - Cidade de Goiás

Festival

Goiás já incorporou ao seu calendário de festas o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), que acontece em junho, na Cidade de Goiás, antiga capital. Realizado pelo governo do Estado, via Agência Goiana de Cultura (Agepel), o festival tem como objetivo fomentar a criação de filmes (em película e vídeo) voltados para a preservação do meio ambiente. Ao mesmo tempo, o evento movimenta os diversos setores da cultura goiana.

Data: em junho, mês internacional do meio ambiente.

 

Tenpo: Mostra Nacional de Teatro de Porangatu

tenpo

Como mecanismo de valorização das artes cênicas, o Governo do Estado, por meio da Agepel, criou a Mostra Nacional de Teatro que acontece em Porangatu (data móvel, mas quase sempre em novembro). São apresentados espetáculos teatrais regionais e peças com grupos de expressão nacional. Paralelamente acontece uma programação musical variada.

Data: Móvel – Novembro

 

Canto da Primavera — Mostra de Música de Pirenópolis

canto

A festa foi inserida no calendário goiano de festas em novembro de 2000, quando se realizou a primeira edição do evento, como um dos mais novos projeto da Agência de Cultura (Agepel). Trata-se de uma amostragem da música brasileira nos seus diferentes gêneros. Do erudito ao sertanejo, do rock ao popular, com destaque para as criações regionais. A primeira edição da mostra levou a Pirenópolis um público estimado em 25 mil pessoas, oriundas principalmente de Brasília e cidades vizinhas. 

Data: Móvel – setembro/outubro

 

Pecuária de Goiânia

pecuaria

Oficialmente batizada de Exposição Agropecuária do Estado de Goiás e popularmente chamada de "Pecuária de Goiânia", é uma das maiores e mais tradicionais festas do estado. Organizada pela Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), uma das maiores festas do gênero sertanejo no país, reúne expositores na feira de negócios, leilões, provas de montaria e shows anualmente no mês de maio. 

Data: Móvel – maio

 

Colaboraram: Ana Beatriz Lage e Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Lazer (SEDUCE)

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

Descobrimos um parque que é um verdadeiro complexo esportivo em Goiânia

Parque Odilon Soares, na região sudoeste, possui a primeira quadra para a prática de tênis gratuito em Goiânia


+ Turismo

Villa Cavalcare

Um pedacinho do Velho Oeste que reúne Restaurante Bar e Centro Equestre em Goiânia


+ Turismo

Conheça o Vale do Capão, um achadinho na Chapada Diamantina na região central da Bahia

Um refúgio da correria goiana em um paraíso natural com diversas particularidades


+ Turismo

Conheça a Vila Hípica Werner Haberkorn, um paraíso para os amantes de cavalos no Brasil

Repleto de história, a hípica surgiu do amor pelos cavalos e hoje é uma das principais atrações do Resort


+ Turismo

Destinos em Goiás para se divertir e descansar em contato com a natureza

Olhar árvores pela janela, tomar um banho de cachoeira, ou ouvir o canto dos pássaros pode aliviar a tensão do dia a dia


+ Turismo

Maior praia artificial com águas naturalmente quentes do mundo se encontra em Goiás

Localizada no interior de Goiás, na cidade de Rio Quente, a Praia do Cerrado é uma atração reconhecida mundialmente


+ Turismo

Descobrimos o lugar perfeito para quem quer um casamento intimista de frente para o mar

Nova tendência entre os casais mais jovens, Ilhabela Pousada Boutique é referência entre aqueles que querem realizar um Mini Wedding


+ Turismo

Descobrimos uma balada bem goiana no meio de Lisboa - Portugal

Água de Beber é um bar de goianos, com comida e música brasileira


TV Curta Mais

MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.