21/09/2017 00:04
Notícias / Conteúdo

As 10 melhores cidades turísticas de Goiás segundo os turistas

Roteiro com fotos, vias de acesso e contatos de onde hospedar e comer

165890    22

por Curta Mais

Chegamos à marca de 100 edições ininterruptas de nosso guia impresso - um fato inédito para publicações independentes no estado de Goiás. E nada melhor que comemorar esse marco histórico celebrando nosso estado e compartilhando isso com todos os goianos através de uma iniciativa pioneira: descobrir as 10 melhores cidades turísticas de Goiás, por meio de uma pesquisa aberta ao público.

 

Entenda a pesquisa

  • Pesquisa oficializada pela Goiás Turismo
  • Participaram 51 municípios goianos listados pela Goiás Turismo como possuidores de maior potencial turístico no estado
  • Prefeitos e Secretários de Turismo de cada cidade foram previamente informados da realização da pesquisa
  • Pesquisa aberta ao público, realizada pela internet, com registro de apenas 1 voto por IP
  • + de 100 mil acessos e cerca de 20 mil votos em apenas 15 dias de enquete

 

Leia o regulamento da pesquisa e veja o resultado final da votação em www.curtamais.com.br/pesquisa

 

Leandro Garcia, Presidente da Goiás Turismo, destaca o envolvimento dos moradores de cada munícipio participante da pesquisa, que usaram suas redes sociais para promover as belezas, peculiaridades e atrações de suas cidades. Além das redes sociais, a pesquisa gerou mobilizações em escolas e eventos, torpedos celulares, panfletagem e até carro de som circulando pelos municípios!

Marconi Perillo, Governador do Estado de Goiás, afirma que “a iniciativa do Guia Curta Mais de fazer uma pesquisa sobre os destinos preferidos dos goianos é extremamente importante e válida e pode, inclusive, nos auxiliar na tomada de decisões relacionadas ao setor no Estado.” Leia a declarção completa do Governador sobre a relevância da pesquisa realizada pelo Curta Mais clicando aqui.

As 10 vencedoras escolhidas como as melhores cidades turísticas de Goiás são o destaque da0 edição especial e histórica N100 do guia Curta Mais, com cobertura turística completa em nosso portal. A grande campeã, Caldas Novas, também é destaque na capa da mesma edição. Todas elas receberão o selo de melhor destino turístico de Goiás, de acordo com sua posição na pesquisa.

Ainda que grandes destaques do turismo goiano não tenham figurado entre as 10 eleitas pelo público, como Trindade, referência no turismo religioso, Goiânia, polo turístico de negócios e eventos, Alto Paraíso, destaque no ecoturismo e turismo de aventura, e a Cidade de Goiás, ponto obrigatório no turismo cultural do estado, a pesquisa não desmerece nenhum dos 51 munícipios participantes – pelo contrário, busca apresenta-los a um público cada vez maior.

Nossos parabéns às vencedoras! Agora é hora de fazer as malas e conhecer Goiás ainda mais:

 

10º Lugar: Jataí

Jet

Jet ski no Lago Bom Sucesso, em Jataí

Foto: Prefeitura de Jataí

Águas termais e muita adrenalina: Jataí se destaca no cenário turístico de Goiás como destino para os que procuram turismo de aventura e banhos em águas quentes. A cidade tem apostado no potencial de suas águas termais, que atraem turistas para os grandes clubes aquáticos do município: Thermas Park Jatahy e Hotel Thermas Bonsucesso. Mas, Jataí também tem espaço para camping, trilhas, rapel, tirolesa, canoagem, jet sky, rafting, e, é claro, banhos de cachoeira.

Como chegar: Jataí fica a 327 km de Goiânia, acesso pela BR-060.

O que fazer: Jet ski no Lago Bom Sucesso; Pesca esportiva e esportes aquáticos no Rio Claro; Rapel e trilhas nas cachoeiras do Lajeado e do Bom Sucesso, e no Clube de Campo Ponte de Pedra; Banhos e diversão nos clubes de águas termais Thermas Park Jatahy e Hotel Thermas Bonsucesso.

Informações de hospedagem e alimentação: Prefeitura de Jataí: (64) 3632-8800 | CAT – Jataí: (64) 3632-4004 | Plantão: (64) 9612-5147

 

Piscina

Piscina termal em Jataí

Foto: Prefeitura de Jataí

 

Jataí

Lago Bom Sucesso, que recebe praticantes de esportes aquáticos como jet ski e boia-cross

Foto: Goiás Turismo

 

9º Lugar: Caiapônia

Salto

Salto São Domingos

Foto: Goiás Turismo

Cachoeiras e morros fazem de Caiapônia um destino para os que gostam de aventura. Para quem curte rapel em cachoeira, moutain bike e caminhadas em trilhas as cachoeiras da Samambaia e da Abóbora são paradas obrigatórias. A cidade também abriga outras belezas naturais, como o Morro do Gigante Adormecido, que lembra um rosto humano de perfil.

Como chegar: Caiapônia fica 318 km de Goiânia. Acesso pela Rodovia dos Romeiros até Iporá-GO, depois acesso pela rodovia GO-221.

O que fazer: Rapel, trilha, mountain bike e esportes radicais nas Cachoeiras da Samambaia, da Abóbora, da Jalapa, do Salto de São Domingos, de Santa Helena e de Salomão; Banhos mais tranquilos no Balneário do Lajeado; Rapel e trilhas no Morro do Gigante Adormecido.

Informações de hospedagem e alimentação: Prefeitura de Caiapônia: (64) 3663-1025 | Secretaria de Turismo de Caiapônia: (64) 3663-2868 | Secretaria de Desporto e Lazer de Caiapônia: (64) 3663-1899

 

Caiapônia

Morro do Gigante Adormecido, cenário perfeito para trilhas

Foto: Goiás Turismo

 

Cachoeira

Cachoeira em Caiapônia

Foto: Goiás Turismo

 

8º Lugar: Formosa

Formosa

Buraco das Araras, a segunda maior dolina de colapso do centro-oeste (depressão em formato circular formado pela dissolução das rochas) e uma das maiores do Brasil, abriga no seu interior uma densa floresta úmida, com samambaias gigantes e uma caverna secreta banhada por rios subterrâneos de água cristalina

Foto: Goiás Turismo

Para os aventureiros, Formosa (GO) é um mundo a ser desbravado: grutas, cachoeiras, quedas livres, trilhas, e rampas de voo livre vão fazer você sentir um gostinho de adrenalina como nunca antes. A cidade abriga o Salto do Itiquira, o maior do Planalto Central, e o Vale do Paranã, palco do campeonato mundial de voo livre.

Como chegar: Formosa fica a 281 km de Goiânia, com acesso pela BR-153 e em seguida pela GO-118.

O que fazer: Rapel no Buraco das Andorinhas e das Araras, duas formações rochosas com grutas e rios subterrâneos de águas cristalinas; Vôo livre na pista do Vale do Paranã, que recebe, todos os anos, o campeonato de vôo livre; Jet Ski e esportes aquáticos na Lagoa Feia; Conhecer o Salto do Itiquira, no Parque Municipal do Itiquira - são 168 metros de queda livre, no maior salto de fácil acesso do Brasil; Descobrir as inscrições rupestres nos Sítios Arqueológicos da Toca da Onça e do Bisnau; Visitar as cachoeiras do Bisnau, do Indaiá e da Água Fria.

Informações de hospedagem e alimentação: Secretaria Municipal de Turismo de Formosa: (61) 3981-1234 | CAT Formosa: (61) 9686-0142

 

Vôo

Vale do Paranã, que recebe todos os anos uma etapa do campeonato de vôo livre

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

 

Cachoeira

Cachoeira da Água Fria, ideal para banho e prática de esportes radicais

Foto: Secretaria de Turismo de Formosa

 

7º Lugar: Colinas do Sul

Colinas

Águas termais em Colinas do Sul

Foto: Goiás Turismo

Colinas do Sul é a única cidade da Chapada dos Veadeiros banhada pelo Lago Serra da Mesa, e está cercada por atrações naturais com opções de trilhas, cachoeiras, mirantes, vales, serras, rios e lagos. A cidade tem grande potencial para o turismo de pesca e abriga o encontro dos rios São Miguel e Tocantinzinho. Para os que buscam programas mais tranquilos, Colinas do Sul também possui banhos em águas termais.

Como chegar: Colinas do Sul fica a 393 km de Goiânia, com acesso pelas rodovias GO-132 e GO-239.

O que fazer: Banhos nas águas termais; Pesca esportiva e banhos no Lago de Serra da Mesa, o segundo maior lago artificial do Brasil; Camping, tilhas e banhos na Reserva Particular do Patrimônio Natural Cachoeira das Pedras Bonitas; Acesso para o Parque da Chapada dos Veadeiros, unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza, que abriga cachoeiras e belezas naturais, atraindo turistas para trilhas, esportes radicais e banhos de cachoeira; Descobrir o encontro dos rios São Miguel e Tocantinzinho.

Telefones úteis: Prefeitura de Colinas do Sul: (62) 3486-1117 | Allan Kardec, da Secretaria de Turismo: (62) 9627-4477

 

Lago

Lago Serra da Mesa, segundo maior lago artificial do Brasil

Foto: Goiás Turismo

 

Águas

Águas termais em Colinas do Sul

Foto: Goiás Turismo

 

6º Lugar: Mineiros

 Passeio

Passeio de bote no Parque Nacional da Emas

Foto: Secretaria de Turismo de Mineiros

Uma das portas de entrada para o Parque Nacional das Emas, onde se pode observar o efeito da bioluminescência, Mineiros também é a casa de mais de 150 cachoeiras catalogadas e da região mística do Pinga-Fogo, ideal para a prática de trekking, hiking e rapel. A cidade possui grande variedade de fauna, flora, piscinas naturais e grutas, fazendo de Mineiros um destino ideal para o turismo de aventura.

Como chegar: Mineiros fica a 420km de Goiânia, com acesso pela BR -060.

O que fazer: Observar o fenômeno da bioluminescência no Parque Nacional das Emas; Boia-cross, flutução e safári no Parque Nacional das Emas; Trekking, hiking e rapel na região da Chapada do Pinga Fogo; Cachoeirismo e banhos nas mais de 150 cachoeiras catalogadas, como a dos Dois Saltos, do Ribeirão Invernadinha e do Rio Verde.

Informações de hospedagem e alimentação: Secretaria de Cultura e Turismo: (64) 3661-0005 | CAT - Mineiros: (64) 3661-0006

 

Mineiros

Chapada Pinga Fogo, ideal para trekking, hiking e rapel

Foto: Goiás Turismo

 

Boia

Boia-cross no Parque Nacional das Emas

Foto: Secretaria de Turismo de Mineiros

 

5º Lugar: Aruanã

Aruanã

Jet ski no Rio Araguaia, que também atrai o turismo de pesca

Foto: Goiás Turismo

Goiás pode até não ter mar, mas tem rio – e Aruanã dá um banho quando o assunto é água. Um dos maiores destinos do Rio Araguaia, a cidade se transformou em um polo para o turismo de pesca, de esportes aquáticos e de praia, recebendo em seus lagos e lagoas turistas que procuram programas mais tranquilos.

Como chegar: Aruanã fica a 315km de Goiânia, com acesso pelas rodovias GO–070, GO–530 e GO-060.

O que fazer: Pesca esportiva, banho e prática esportes aquáticos nos Rio Araguaia e Rio Vermelho; Camping às margens dos Rios Araguaia e Vermelho; Descobrir o Encontro dos Rios Araguaia e Vermelho; Conhecer a comunidade indígena Karajá e suas tradições;

Informações de hospedagem e alimentação: CAT - Aruanã: (62) 3376-1442

 

Pôr

Pôr do sol no Rio Araguaia, cenário de tirar o fôlego

Foto: Goiás Turismo

 

Pesca

Pesca esportiva no Rio Araguaia

Foto: Goiás Turismo

 

4º Lugar: São Miguel do Araguaia/Luiz Alves

Pesca

Pesca esportiva no Rio Araguaia

Foto: Goiás Turismo

Sombra e água fresca são alguns dos atrativos de São Miguel do Araguaia, ponto de acesso à Luiz Alves e à Ilha do Bananal, maior ilha fluvial do mundo. As belezas naturais de São Miguel atraem banhistas e praticantes de esportes aquáticos e pesca, além de cruzeiros e barcos-hotéis.

Como chegar: São Miguel do Araguaia fica a 475 km de Goiânia, com acesso pela GO–070.

O que fazer: Pesca esportiva em Luiz Alves, distrito de São Miguel do Araguaia (e cenário da novela "Araguaia", da Rede Globo!); Banho e esportes aquáticos na Praia do Foguete: Mais pesca esportiva, banhos e jet ski nos rios Araguaia, Cristalino, Crixás e Pintado; Acesso à Ilha do Bananal, maior ilha fluvial do mundo e Reserva da Biosfera pela UNESCO.

Informações de hospedagem e alimentação: Secretaria de Turismo: (62) 3977-7152 | (62) 3977-7153 | CAT – São Miguel do Araguaia: (62) 3382-3140

 

São

Banhistas e praticantes de esportes aquáticos tem espaço na Praia do Foguete

Foto: Goiás Turismo

 

Pôr

Pôr do sol em São Miguel do Araguaia - não foi à toa que virou cenário de novela, hein?

Foto: Secretaria de Turismo de São Miguel do Araguaia

 

3º Lugar: Cavalcante

Cachoeira

Cachoeira Santa Bárbara

Foto: Goiás Turismo

Ecoturismo, turismo de aventura e turismo cultural se encontram em Cavalcante, município que abriga quase 70% da área total do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, unidade de conservação brasileira de proteção integral à natureza e Patrimônio Mundial da UNESCO. Cachoeiras, serras, rios e cânions fazem o cenário da cidade, onde o Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, a maior comunidade quilombola do País, também está abrigado.

Como chegar: Cavalcante fica a 510 km de Goiânia, com acesso pela BR-153.

O que fazer: Visitar o Povoado Kalunga do Engenho II e conhecer as tradições quilombolas, além de descobrir as belezas naturais do Sítio Histórico, como a Cachoeira da Capivara, a Cachoeira Candaru, com 70 metros de queda d’água, e a Cachoeira de Santa Bárbara, a 5ª cachoeira mais visitada do Brasil, com 35 m de queda que formam um poço de água cristalina, com pontos esverdeados e azuis; Trilha, rapel, escalada e esportes radicais na Ponte de Pedra, um enorme arco de pedra aberto trabalho das águas do Rio São Domingos, com um salto de quase 100m de altura; Visitar as 7 cachoeiras do Complexo do Rio do Prata: Pratinha I, II, III, IV,V, Rei do Prata, Urubu Rei;

Informações de hospedagem e alimentação: Prefeitura Municipal de Cavalcante: (62) 3494-1193 | (62) 3494-1399 | Secretaria de Turismo de Cavalcante e CAT - Cavalcante: (62) 3494-1507

 

Ponte 

Ponte de Pedra

Foto: Goiás Turismo

 

Trilha

Trilha na Chapada dos Veadeiros, em Cavalcante

Foto: Goiás Turismo

 

Cavalcante

Cachoeira Rei do Prata

Foto: Goiás Turismo

 

2º Lugar: Pirenópolis

Cachoeira

Cachoeira dos Dragões, em Pirenópolis

Foto: Secretaria de Turismo de Pirenópolis

Tombada como conjunto arquitetônico, urbanístico, paisagístico e histórico pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1989, Pirenópolis é um registro da história de Goiás, que transpira nos casarões e construções antigas de seu Centro Histórico. Além disso, a cidade é o berço do escultor goiano José Joaquim de Veiga Valle e dos cantores sertanejos Zezé di Camargo e Luciano (a casa onde eles cresceram ainda existe, nos arredores da cidade!). Vale intercalar os passeios pela cidade com visitas às cachoeiras e trilhas do Parque Estadual Serra dos Pireneus. A cidade, que recebe grandes festivais de gastronomia, literatura e cinema, e festas religiosas, é um dos destinos preferidos de fins de semana e feriados prolongados para os moradores de Goiânia e Brasília.

Como chegar: Pirenópolis fica a 128 km de Goiânia, com acesso pela GO-431.

O que fazer: Conhecer as construções do Centro Histórico de Pirenópolis, como a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, o Cinema e o Teatro Pirineus e a Casa de Câmara e Cadeia; Conhecer a Cidade de Pedra, a maior cidade de pedra do Brasil, com diversas formações rochosas que formam cânions, labirintos e pedras de formatos que lembram animais e rostos; Trilhas, montanhismo, arborismo, rapel e banhos de cachoeira no Parque Estadual Serra dos Pirineus, que tem por objetivo preservar os sítios naturais de relevância ecológica e histórica, e que abriga a cachoeira do Abade, com 22 metros de queda e rodeada por uma praia de areia branca; Visitar as cachoeiras do Lázaro, do Rosário, da Fumaça, da Meia Lua e dos Dragões.

Telefones úteis: Secretaria de Turismo de Pirenópolis: (62) 3331-2416 | CAT - Pirenópolis: (62) 3331-2633

 

Igreja

Igreja Nossa Senhora do Rosário, parte do patrimônio tombado pelo IPHAN

Foto: Goiás Turismo

 

onde

Roteiro de charme: entre ruas e prédios históricos, o burburinho dos bares e restaurantes

 

Arborismo

Arborismo em Pirenópolis

Foto: Goiás Turismo

 

Pirenopolis

Cachoeira do Lázaro

Foto: Goiás Turismo

 

1º Lugar: Caldas Novas

 Caldas

As fontes de águas termais possuem propriedades terapêuticas e medicinais e são o grande destaque de Caldas Novas

Foto: Goiás Turismo

A grande campeã, eleita pelo público como a melhor cidade turística de Goiás, é nacionalmente conhecida por suas águas termais, que compõem o maior manancial hidrotermal do mundo e recebem mais de quatro milhões de turistas por ano, do Brasil e de fora do país. Caldas Novas é a quarta cidade turística não-capital do Brasil, e possui o maior polo hoteleiro de Goiás. A cidade também abriga o Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, com suas trilhas e cachoeiras, abrindo espaço para o ecoturismo e o turismo de aventura, e recebe eventos de porte nacional, como o Caldas Country, um dos maiores festivais de música sertaneja do Brasil.

Como chegar: Caldas Novas fica a 171 km de Goiânia, com acesso pela BR-153 (até o trevo de Piracanjuba) e seguir: GO-217, GO-139 e GO-213. Ou pela GO-020, e depois pela GO-139.

O que fazer: Relaxar nas piscinas de águas termais, que brotam do chão em temperaturas que variam entre 43° e 70°, e possuem propriedades terapêuticas e medicinais; Curtir uma temporada nos clubes aquáticos e de águas termais: são mais de 200 piscinas termais e mais de 20 clubes aquáticos na cidade, que possui 130 mil leitos com taxa de ocupação média e alta durante todo o ano; Pesca esportiva, passeios de barco, canoagem, jet ski e outros esportes aquáticos no Lado de Corumbá, lago artificial de 65 km² que abastece a Usina Hidrelétroca de Corumbá I; Trilhas, esportes radicais e banhos de cachoeira no Parque Estadual Serra de Caldas Novas, área de preservação criada em 1970 para proteger a região de reabastecimento do lençol termal da região; Visitar o Jardim Japonês, inspirado nos jardins de templos budistas, espaço repleto de misticismo e um convite à meditação;

Informações de hospedagem e alimentação: Secretaria de Turismo de Caldas Novas e CAT-Caldas Novas: (64) 3454-3524

 

Cachoeira

Cachoeira no Parque Estadual Serra de Caldas Novas

Foto: Goiás Turismo

 

Águas

Caldas Novas possui mais de 200 piscinas termais...

Foto: Secretaria de Turismo de Caldas Novas

 

Parque

... e mais de 20 parques e clubes - é água pra curtir o ano inteiro!

Foto: Secretaria de Turismo de Caldas Novas

 

Lago

Pôr do sol no Lago Corumbá, em Caldas Novas

Foto: Secretaria de Turismo de Caldas Novas

 

Resorts

Luxuosos resortes em Caldas Novas, maior polo hoteleiro do estado de Goiás

Foto: Secretaria de Turismo de Caldas Novas

  

Confira o resultado final da pesquisa logo abaixo ou no link www.curtamais.com.br/pesquisa. Os municípios de Jataí e Caiapônia ficaram empatados no número final de votos. De acordo com o estabelecido no regulamento da pesquisa, disponível em www.curtamais.com.br/pesquisa, a cidade mais antiga terá preferência na votação - neste caso, Caiapônia (fundada em 1873), fica à frente de Jataí (fundada em 1895).

Resultado

 

 

Todo conteúdo desse site é de direito reservado ao Curta Mais.

Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização expressa e formalizada do veículo.

Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.

Curta Mais - Todos os direitos reservados.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

15511   

Museu de Star Wars será aberto em Los Angeles

+ Notícias

Museu de Star Wars será aberto em Los Angeles

George Lucas deve desembolsar US$ 1 bilhão na estrutura do local


89781   

ANTT convidada população a discutir criação do trem de passageiros entre Brasília e Goiânia, o 'Expresso Pequi'

+ Notícias

ANTT convidada população a discutir criação do trem de passageiros entre Brasília e Goiânia, o 'Expresso Pequi'

O trem deve atingir uma média de 160 km/h em uma viagem de cerca de 95 minutos, transportando mais de 40 milhões de passageiros por ano


22099   

Vocalista do LS Jack retorna aos palcos 13 anos depois do coma

+ Notícias

Vocalista do LS Jack retorna aos palcos 13 anos depois do coma

Em 2004, o cantor passou por complicações após um procedimento de lipoaspiração, que o deixou em coma, e também com algumas sequelas na fala e nos movimentos


6265   

Vídeo: Dois ex-secretários se disfarçam de 'fantasmas' para furtar Prefeitura em Goiás

+ Notícias

Vídeo: Dois ex-secretários se disfarçam de 'fantasmas' para furtar Prefeitura em Goiás

A dupla arrombou a sala da administração municipal para furtar uma impressora


29808   

Jorge e Mateus desmentem fim da dupla e sobem aos palcos após onda de boatos

+ Notícias

Jorge e Mateus desmentem fim da dupla e sobem aos palcos após onda de boatos

Nas últimas semanas circulou na internet a falsa notícia que a dupla iria se separar; para sossego dos fãs eles só vão entrar de férias e retomam os trabalhos com tudo em 2017


37148   

Praça Cívica vai abrigar Circuito Cultural em Goiânia

+ Notícias

Praça Cívica vai abrigar Circuito Cultural em Goiânia

As obras de R$ 100 milhões deverão ser iniciadas entre os meses de abril e maio e a conclusão total está prevista para os próximos dois anos


32659   

Curta Mais registrou o estado dos edifícios históricos do Centro de Goiânia; veja as fotos

+ Notícias

Curta Mais registrou o estado dos edifícios históricos do Centro de Goiânia; veja as fotos

Depois da repercussão da matéria publicada pelo The New York Times na última segunda-feira (9), o Curta Mais foi conferir (e registrar) de perto o descaso com a arquitetura histórica de Goiânia


22573   

Meteorologia prevê chuva em todos os dias da semana em Goiânia

+ Notícias

Meteorologia prevê chuva em todos os dias da semana em Goiânia

A sensação térmica que chegou aos 40º nos últimos dias pode estar com os dias contados


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2017. Todos os direitos reservados.