23/03/2019 22:37
Notícias / Conteúdo

Argentina cria comercial e explica para a Rússia como um homem pode amar outro

Através do futebol os argentinos mostram aos russos como os homens de verdade se comportam

Júlia
por Júlia Marreto

De fato, uma paixão brasileira. Mas não exclusiva. O futebol é um dos esportes mais amados no mundo todo, prova disso é a Copa do Mundo que, ao mesmo tempo que mobiliza para [quase] todos os países, incluindo aqueles que nao possuem seleção jogando.


Considerado um esporte masculino [consideração que está sendo cada dia mais dismistificada], o futebol tem o poder de unir as pessoas, em momentos de alegrias e tristezas a cada gol a favor, contra e mesmo que haja ponto algum.


Sabendo que a Rússia é um dos países mais preconceituosos com os homossexuais, sabendo que a Copa do Mundo 2018 será sediada no mesmo país e sabendo que o futebol é um esporte de amor e compartilhamento de experiências, a Argentina [sim! nossos "rivais" futebolísticos e bem mais "frios" que os brasileiros] tiveram uma sacada genial para mostrar que há absolutamente NADA de errado em um homem amar outro.


Através do futebol, a campanha realizada pelo canal de TV Tyc Sports questiona a visão de Vladimir Putin [atual presidente da Rússia] e todos aqueles que, ainda, insistem em criminalizar o amor entre pessoas do mesmo sexo.


A propaganda começa com: “Senhor Putin, ficamos sabendo que o seu país não admite manifestações de amor entre os homens. Estamos com problemas!”


Outro trecho é: “Não há nada mais emocionante do que ver um homem se movendo. Não há nada mais excitante do que ver um homem suado comemorando um título no vestiário”, são alguns dos trechos do informe publicitário.

Confira o vídeo completo [com legendas em português]:


A ação não foi realizada "à toa", a questão é que nos últimos tempos o governo russo tem influenciado o crescimento da homofobia no país. Em 2013, Putin aprovou a "lei de propaganda gay", que proibi a distribuição de conteúdos que defendam os direitos LGBT ou considerem relacionais homossexuais iguais aos heterossexuais à menores de idade.


A propaganda termina com a seguinte fala: “Senhor Putin, se para o senhor o amor entre homens é uma doença. Então estamos muito doentes. E é contagioso!”

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Morre no Rio de Janeiro o diretor Domingos Oliveira

Fica o legado com peças e filmes desse Woody Allen brasileiro


+ Notícias

Goiânia tem campanha online de alimentos em prol de mulheres e crianças

Basta um clique para acabar com a violência doméstica


+ Notícias

Instituto Nacional de Meteorologia declara alerta de formação de ciclone na Bahia e no Espírito Santo

O fenômeno ocorrerá em alto-mar, com chuva forte e ventos que podem chegar a 100km/h 


+ Notícias

Pedinte usa dinheiro de esmola para comprar comida para cachorros de rua em Goiânia

O vídeo foi parar nas redes sociais e flagra o homem saindo de um supermercado sendo recebido pelos animais.


+ Notícias

Renata Vasconcellos é vítima de fake news por causa do look que teria mostrado demais no JN

'Eu estou é morto com a Renata fazendo topless na bancada do JN'


+ Notícias

Marinha solta alerta para possível ciclone na costa do Espírito Santo e Bahia

Qualquer outra informação será divulgada no site da Marinha e da CPTEC


+ Notícias

Comic Con Experience divulga valores e dias para a compra dos ingressos

O evento deste ano vai acontecer entre os dias 5 e 8 de dezembro


+ Notícias

Inmet divulga Alerta Amarelo com riscos de chuvas intensas em Goiânia

Fim de semana deve ser de fortes chuvas e ventos de até 60 km/h


+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.