24/08/2019 23:13
Notícias / Conteúdo

Protesto contra bloqueios na Educação reúne estudantes e professores em Brasília

Estimativa da Polícia Militar é de 15 mil pessoas

Rafael
por Curta Mais

Após as notícias anunciadas pelo Ministério da Educação e do Governo Federal sobre os bloqueios na Educação, estudantes, professores e demais servidores da área, se concentraram no Museu Nacional da República para participar da Greve Nacional da Educação, protesto que ocorre em todo o país.

Depois da concentração, os manifestantes se dirigiram para o gramado em frente ao Congresso Nacional e ocuparam todas as faixas do Eixo Monumental (sentido Sul). Toda a Esplanada dos Ministérios foi tomada pelos manifestantes. Segundo a organização, eram esperadas cerca de 50 mil pessoas. Já a Polícia Militar estima que cerca de 15 mil pessoas integrem o ato em defesa da Educação.

Além de policiais militares, a Força Nacional de Segurança também participa com homens vigiando o local e a movimentação dos estudantes. Espera-se que o ato seja encerrado no Ministério da Educação, que conta com patrulhamento de oficiais.

Foto: Correio Braziliense

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Notícias

Instituto de Saúde do DF abre vagas para profissionais da área com salários de até R$9 mil

Inscrições gratuitas podem ser feitas até a próxima segunda-feira, 26


+ Notícias

Senac DF oferece curso para primeira turma de Produção de Moda

Aulas começam no dia 26 de agosto


+ Notícias

DF ganha voos diretos para Peru, Paraguai e Chile

Novas rotas começam a operar em outubro



+ Notícias

Alerta: umidade relativa no DF chega a 20% nesta terça-feira

Brasiliense deve tomar cuidado nas horas mais quentes do dia


+ Notícias

Grupo de cordas faz concerto gratuito em Brasília

Trio celebra a cena contemporânea da música brasileira



+ Notícias

GDF lança edital para selecionar marca dos 60 anos de Brasília

Capital vai ganhar selo comemorativo especial para seu 60º aniversário, a ser celebrado no ano que vem


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.