20/06/2019 00:29
Turismo / Turismo em Goiás

Os melhores programas para fazer na Chapada dos Veadeiros em Goiás

Roteiro com dicas de como chegar, quando ir e o que fazer

Marcelo
por Marcelo Albuquerque

Criado em 1961 para proteger mais de 65 mil hectares de natureza típica do cerrado, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros também foi declarado Patrimônio Mundial Natural em 2001 pela UNESCO. Além da conservação natural, o Parque tem grande valor científico e turístico, sendo um dos destinos mais incríveis do estado de Goiás.

Localizado entre os municípios de Alto Paraíso e Cavalcante, a Chapada dos Veadeiros atrai turistas de todos os perfis: aventureiros, tranquilos, esotéricos e céticos se encontram em um local cheio de cachoeiras, trilhas e muitas outras belezas naturais.

Com tantas riquezas, é difícil resumir os atrativos da região. Selecionamos aqui 10 dicas de programas incríveis que você provavelmente não sabia que pode fazer na Chapada dos Veadeiros e arredores. A lista inclui banhos de cachoeira, trilhas, esportes de aventura e até passeio de balão. Pode arrumar as malas, chamar os amigos, e boa viagem!

 

1. Percorrer as trilhas da Chapada dos Veadeiros

Dentro da área de reserva da Chapada, é possível fazer três trilhas diferentes. O acesso ao Parque é gratuito e não é necessário ter o acompanhamento de guias para nenhuma das trilhas, mas a visita guiada é recomendada em períodos chuvosos. Os guias cobram por dia para grupos de até 10 pessoas. O período ideal de visitação do Parque é de junho a novembro, entre os períodos de seca e chuva.

Trilha dos Saltos

Salto

Salto do Rio Preto, com 120m de queda

Foto: Elaine Cristina Strelow

Com 11km de ida e volta, a trilha é considerada de difícil acesso. Nela é possível ver a impressionante queda d’água do Rio Preto, que tem 120m de altura, e o Salto de 80m, onde é possível tomar banho.

 

Trilha do Cânion II e Cachoeira Cariocas

Cachoeira

Cachoeira Cariocas

Foto: Chapada Brasil Tours

Também com 11km de ida e volta, a Trilha dos Cânions tem nível médio de dificuldade de acesso. A trilha leva à Cachoeira Cariocas e ao Cânion II, com poço adequado para banho.

 

Trilha das Corredeiras

Trilha

Trilha suspensa na Chapada dos Veadeiros

Foto: Correio Braziliense

Com 4,5km, a Trilha das Corredeiras é uma passarela suspensa que facilita o acesso a cadeiras e pessoas com mobilidade reduzida. Ela leva até um mirante de onde se pode visualizar as corredeiras e permite aos visitantes entrar na água do Rio Preto.

 

2. Respirar adrenalina no circuito de aventuras

Tirolesa

Tirolesa do Gavião

Foto: Debora Gemignani

Para quem não abre mão dos esportes radicais, a dica é fazer o circuito de aventuras que acontece no Morro do Gavião, a 9km de Alto Paraíso. O visitante pode fazer rapel, arvorismo ou tirolesa. O horário de funcionamento é de quinta a domingo, e o espaço funciona até às 18h, mas é necessário chegar até as 14h para poder praticar.

 

3. Conhecer as 7 cachoeiras de Loquinhas

Cachoeira

Cachoeira das Loquinhas

Foto: Tatu .

Localizada a 5km de Alto Paraíso, a trilha de Loquinhas conta com 7 cachoeiras. O trajeto é de nível fácil, indicado para adultos e crianças: são 800 metros em deck suspenso de madeira. Não há necessidade de guia para o passeio e é cobrada uma taxa por pessoa.

 

4. Tomar banho na belíssima cachoeira de Santa Bárbara

Banho

Banho na Cachoeira de Santa Bárbara

Foto: Bruno do Val

Considerada pelos turistas como uma das mais lindas cachoeiras do Brasil, a cachoeira de Santa Bárbara também é um dos destinos mais procurados na região. Localizada a 22km de Alto Paraíso, para ter acesso ao local, que fica na comunidade quilombola Engenho II, é obrigatório ter um guia e é cobrada uma taxa por pessoa para entrar.

 

5. Curtir a programação cultural da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge

XIV

XIV Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

Foto: Ministério Meio Ambiente - MMA

Um dos programas preferidos dos visitantes da Chapada dos Veadeiros é participar da programação cultural promovida pela Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge. Localizada no distrito de São Jorge, a Casa de Cultura é sede e precursora do Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, que reúne grupos tradicionais na vila durante a segunda quinzena de julho. Para conhecer a programação da Casa de Cultura basta visitar a página no Facebook e o site oficial.

 

6. Relaxar nas piscinas de hidromassagem de Cristais

Cachoeira

Cachoeira dos Cristais

Foto: Nailton Barbosa

A 8km de Alto Paraíso, mais uma dica é fazer a trilha de Cristais. São 400 metros de nível fácil, com acesso a 8 poços naturais de hidromassagem e uma cachoeira. É cobrada uma taxa por pessoa e não é necessário acompanhamento de guia.

 

7. Conhecer a Catarata dos Couros

Catarata

Foto: Bruno do Val

Durante a visita à Chapada, vale conhecer a Catarata dos Couros, que reúne uma sequência incrível de corredeiras, cachoeiras e poços formados pelo Rio dos Couros. Localizada a 52km de Alto Paraíso, a visitação à Catarata é gratuita, mas é obrigatório estar acompanhado de guia.

 

8. Provar os sabores da matula

Matula

Matula do cerrado

Foto: Goiás Turismo

Prato típico dos bandeirantes e tropeiros, a matula é feita de carne bovina e suína, cozidas em uma lata, e servidas com farofa e arroz. É possível experimentar a iguaria no Rancho do Valdomiro, no Km 23 entre Alto Paraíso e São Jorge. O local funciona das 12h às 19h.

 

9. Curtir as piscinas de águas termais

Piscinas

Piscinas de águas termais na Chapada dos Veadeiros

Foto: Chapada dos Veadeiros

Achou que Caldas Novas monopoliza as piscinas de água termal do estado? Fique sabendo que Alto Paraíso também tem piscinas naturais de águas termais. Localizadas a 14km de São Jorge, o horário de visitação das piscinas é das 08h às 23h, é cobrada uma taxa por pessoa. Para conhecer não é preciso ir com guia.

 

10. Fazer um voo de balão

Voo

Voo panorâmico de balão pela Chapada dos Veadeiros

Foto: José Leça

Já imaginou fazer um passeio de balão pela paisagem estonteante da Chapada dos Veadeiros? Basta fazer um agendamento com a Central de Atendimento de Alto Paraíso (62 3446-1159). O voo de 1h30min é cobrado individualmente para até 6 pessoas, que é realizado sempre ao nascer e ao pôr do sol para deixar a vista ainda mais linda.

 

BÔNUS: Ver de perto o impressionante Vale da Lua

Vale

Vale da Lua

Foto: Gus Valentim

Fechamos esta lista com um tradicional (porém obrigatório) programa na Chapada: conhecer o místico Vale da Lua. Com formações rochosas e águas cristalinas, o local é nacionalmente reconhecido por sua beleza e é um dos destinos preferidos do público que visita Alto Paraíso, São Jorge e a Chapada. Localizado a 20km de Alto Paraíso e 10km de São Jorge, é cobrada uma taxa de R$20 por pessoa para ter acesso ao local.

 

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Como chegar: Atualmente, o único acesso à Chapada dos Veadeiros se dá pela vila de São Jorge, distrito de Alto Paraíso. Alto Paraíso fica a 444km de Goiânia, com acesso pela BR-060 e BR-010. São Jorge fica a 30km de Alto Paraíso, com acesso pela GO-239.  A entrada para a Chapada dos Veadeiros fica a 1km de São Jorge e 36km de Alto Paraíso.

Visitação: A visitação ao Parque acontece a partir das 08h, com entrada liberada até às 12h e saída até às 18h. É permitido o acesso a apenas 500 pessoas por dia, então fica a dica: para períodos de grande visitação, como o carnaval, chegue cedo ao local. Não é necessário ter guias para fazer as trilhas da Chapada dos Veadeiros, mas a visita guiada é recomendada em períodos chuvosos. Os guias cobram R$150 por dia para grupos de até 10 pessoas. O período ideal de visitação do Parque é de junho a novembro, entre os períodos de seca e chuva.

Informações de hospedagem, alimentação e preços: Central de Atendimento ao Turista de Alto Paraíso: (62) 3446-1159 | Central de Atendimento ao Turista de São Jorge: (62) 3455-1090

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

TAP cria stopover em Brasília com até 5 dias sem custos extras para passageiros

O Programa Brasil Stopover em Brasília promete novo fluxo de turistas europeus na cidade.


+ Turismo

Brasília vai ganhar mega parque com a primeira piscina de ondas para surfe do Brasil

O ambicioso projeto da Global Wave Parks, com a tecnologia Wavegarden, prevê um grande complexo de esportes, lazer e entretenimento no DF.


+ Turismo

4 roteiros de viagens alternativas nas proximidades de Brasília

Sem ideia para o que fazer nesse feriado? O Curta Mais preparou um roteiro alternativo de destinos deslumbrantes para quem quer sair da rotina, sem gastar muito


+ Turismo

Cachoeira do Arrojado: conheça essa beleza natural nos arredores de Brasília

A queda d'água está localizada no município de Cristalina (GO) e é ótimo destino para uma visita rápida no fim de semana


+ Turismo

Fotografia tirada no Parque Nacional das Emas rende prêmio internacional a fotógrafo brasiliense

O registro, feito em Goiás, mostra um tamanduá-bandeira devorando cupins 'brilhantes'



+ Turismo

Cachoeira paradisíaca é parada obrigatória para todo brasiliense que gosta de viajar

Trilha fácil, vista paradisíaca e ambiente natural que atende quem gosta de relaxar e também quem aprecia aventura e ecoturismo


+ Turismo

Encontramos uma cachoeira incrível, com uma piscina natural cercada por paredões de pedras

Imagine se desligar da correria do cotidiano com uma cachoeira que possui uma piscina natural com águas esverdeadas


MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2019. Todos os direitos reservados.